Criadores de Game of Thrones falam sobre nova série Confederate

Rebecca Barbier
Julho 20, 2017

O seriado se chama Confederate, e acompanhará "os eventos que levaram à Terceira Guerra Civil Americana". O programa vai se ambientar em uma cronologia alternativa, na qual os estados do Sul se separaram da União, fazendo nascer uma nação onde a escravidão continua legal e evoluiu para uma situação moderna.

Enquanto isso, Game of Thrones é exibida aos domingos pela HBO, às 22h. Abolicionistas, políticos, jornalistas e escravos serão alguns personagens explorados na trama.

O anúncio acontece num momento em que Benioff e Weiss seguem para a temporada final de "Game of Thrones", programada para ser concluída no ano que vem.

Ben Affleck sai da nova produção da Netflix
O suspense policial " Triple Frontier " pode ser considerada um dos filmes mais problemáticos da atualidade em Hollywood. Will Smith e Johnny Depp foram citados anteriormente como possíveis nomes no elenco, mas também não foram confirmados.

Originalmente, o projeto de "Confederate" foi concebido como um filme, mas Benioff e Weiss afirmam que a experiência de trabalhar com a HBO em "Game of Thrones" lhes demonstrou que uma série no canal era a melhor opção para contar sua história.

Juntos desses caras, entram para a produção executiva Nichelle Tramble Spellman (Justified e The Good Wife) e Malcolm Spellman (Empire).

"Confederate" é um mundo afastado de dragões, exércitos de mortos-vivos e mágicas na ambientação medieval de "Game of Thrones", onde facções rivais lutam pelo controle dos Sete Reinos de Westeros. O primeiro episódio da sétima temporada teve audiência recorde no domingo, com cerca de 16,1 milhões de espectadores nos EUA, segundo a HBO.

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL