Merkel abre campanha com ataque à indústria automóvel

Patrice Gainsbourg
Agosto 14, 2017

Angela Merkel relançou a campanha eleitoral com um ataque à indústria automóvel do seu país por causa do Dieselgate, revelando que está do lado das preocupações do público acerca desta matéria.

IS suspect fatally stabs Istanbul officer in police station
Turkey was hit in 2016 by a succession of attacks that left hundreds dead in the bloodiest year of terror strikes in its history. A police officer was martyred in Istanbul late Sunday after being stabbed by a Daesh suspect, Anadolu reported.

"Grande parte da indústria automóvel esbanjou a extraordinária confiança dos consumidores", disse Merkel, acrescentando: "Quando as pessoas escondem coisas ou exploram falhas no sistema de testes de emissões ao ponto de os tornarem irreconhecíveis, isso destrói a confiança". Só a indústria automóvel pode recuperar essa confiança. Para garantir que este objetivo é alcançado estão pensados incentivos à troca de carros por outros mais eficientes. Esta semana a SIVA, importadora das marcas do grupo Volkswagen, admitiu estar a estudar a introdução de um mecanismo semelhante em Portugal. Até às eleições de 24 de Setembro, está previsto que a chanceler esteja presente em 50 comícios.

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL