Merkel abre campanha com ataque à indústria automóvel

Patrice Gainsbourg
Agosto 14, 2017

Angela Merkel relançou a campanha eleitoral com um ataque à indústria automóvel do seu país por causa do Dieselgate, revelando que está do lado das preocupações do público acerca desta matéria.

Tourist dies after being hit by Vancouver tour bus
First responders retrieved him from under the bus, and were seen performing CPR on him before he was taken to hospital. Afterwards, they were let off one by one to give statements. "I heard the sound, the crash". "It was pretty sad".

"Grande parte da indústria automóvel esbanjou a extraordinária confiança dos consumidores", disse Merkel, acrescentando: "Quando as pessoas escondem coisas ou exploram falhas no sistema de testes de emissões ao ponto de os tornarem irreconhecíveis, isso destrói a confiança". Só a indústria automóvel pode recuperar essa confiança. Para garantir que este objetivo é alcançado estão pensados incentivos à troca de carros por outros mais eficientes. Esta semana a SIVA, importadora das marcas do grupo Volkswagen, admitiu estar a estudar a introdução de um mecanismo semelhante em Portugal. Até às eleições de 24 de Setembro, está previsto que a chanceler esteja presente em 50 comícios.

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL