Galo arranca vitória de virada contra a Ponte em Campinas

Vincent De Villiers
Agosto 28, 2017

O resultado colocou o Atlético em décimo lugar, com 29 pontos, enquanto que a Ponte ficou em 14º lugar, com 27. Comandado por Rogério Micale, o time espera surpreender seu adversário fora de casa. Aos 44, Nino Paraíba apareceu bem pela direita e enfiou cruzamento na área atleticana, Victor saiu para afastar de soco, mas, antes dele, Léo Gamalho desviou a bola para o fundo do gol.

Equipe com maior qualidade com a bola nos pés, o Atlético-MG foi mais ao ataque no início do jogo, no Majestoso.

O ímpeto das equipes em tirar o zero do placar deixou o jogo aberto e com chances para os dois lados, mas quem aproveitou primeiro foi a Ponte Preta.

Já o Botafogo superou o Bahia por 2 a 1, chegou aos 31 pontos, em sexto lugar, logo atrás do Flamengo. A bola foi colocada com esmero, na gaveta direita do gol de Aranha, pelo meio-campista venezuelano. Victor chegou a sair em direção ao atacante, mas não encontrou nada.

Mesmo sofrendo na defesa, o Atlético-MG não demorou muito para empatar.

A partida começou bastante truncada. Os dois times trocaram posses de bola e sequências de faltas. Os atleticanos tiveram oportunidade em contra-ataques, mas a defesa pontepretana apareceu bem para cortar o perigo.

MTV VMAs fashion: Lovato wears black lace, Katy Perry changes up looks
Clearly, the video is intended not just to throw jabs at her enemies, but to also prove she's in on the Taylor Swift joke. Lamar leads the field with eight nominations, while The Weeknd and Perry are right behind at five nods each.

Muito acionado, Valdívia chegou a criar algumas jogadas pela esquerda no primeiro tempo, mas na maior parte das vezes a bola chegou à área com levantamentos feitos a partir de cobranças de falta. O goleiro ficou imóvel.

Agora, as duas equipes ganham um descanso no Brasileirão e voltam a campo apenas na segunda semana de setembro. Enquanto a Ponte Preta encara o São Paulo, às 19 horas, no Morumbi, em São Paulo, o Atlético-MG recebe o Palmeiras, às 16 horas, na Arena Independência, em Belo Horizonte (MG). Na reta final, os donos da casa ainda reclamaram de um pênalti em cima de Wendel, mas a arbitragem mandou o jogo seguir.

Antes disso, na próxima quarta-feira, o time mineiro pega o Internacional, no Beira-Rio, pelas quartas da Primeira Liga, em jogo único. Quando o resultado parecia definido, Otero acertou linda cobrança de falta e matou o jogo para os visitantes, aos 43 minutos do segundo tempo.

Victor, Marcos Rocha, Leonardo Silva, Bremer e Fábio Santos; Adilson, Elias, Valdívia (Otero, aos 32 do 2º) e Cazares; Luan (Yago, aos 42 do 2º) e Rafael Moura (Clayton, aos 23 do 2º).

CARTÕES AMARELOS - Claudinho, Emerson Sheik, Elton e Wendel (Ponte Preta); Marcos Rocha, Adilson, Elias e Otero (Atlético-MG).

ÁRBITRO - Rodolpho Toski Marques (PR).

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL