A condição rara que afeta Kate Middleton — Hyperemesis gravidarum

Rebecca Barbier
Setembro 7, 2017

O casal, que deu o nó a 29 de abril de 2011, já é pai George, de 4 anos, e Charlotte, de 2. Mas quando esse quadro se caracteriza por vómitos muito frequentes e persistentes, é sinal que teremos de visitar o consultório do nosso médico, pois podemos sofrer de hiperemese gravídica, um problema que afectou, por exemplo, Kate Middleton, nas duas primeiras gravidezes e novamente agora, que espera o terceiro filho.

"Infelizmente, a duquesa de Cambridge ainda não está bem e não poderá conduzir o príncipe George no seu primeiro dia de colégio".

Rodrigo Maia espera reação 'rápida e dura' por parte de Janot
De acordo com o regimento interno da Câmara, não há um prazo para que o processo seja despachado pelo presidente da Casa. Vamos esperar os próximos dias.

Em seu primeiro dia de aula, o jovem príncipe, vestido com um suéter azul escuro, bermuda da mesma cor e meias e sapatos pretos, chegou de mãos dadas com o pai e foi recebido pela diretora Helen Haslem. "O duque de Cambridge vai levá-lo nesta manhã como estava planejado", segundo comunicado divulgado pelo palácio. Grávida do terceiro filho, ela está sofrendo com enjoos.

Na instituição de ensino, o herdeiro do trono britânico será chamado pelos colegas e professores como George de Cambridge. Este é o início de uma nova fase da vida de George, que deixa o infantário e começa a ter aulas numa escola que deverá custar cerca de 19,4 mil euros por ano.

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL