CVV faz caminhada pela prevenção ao suicídio no Setembro Amarelo

Eloi Lecerf
Setembro 10, 2017

Entretanto a Organização Mundial da Saúde (OMS) divulga a estatística de que 90% dos casos de suicídio poderiam ter sido evitados no mundo se houvesse sido dado o atendimento emocional necessário, seja ele profissional (psicólogos/psiquiatras), como também através de apoio dado por instituições voluntárias como o Centro de Valorização da Vida (CVV). O observatório é vinculado Comitê Intersetorial de Promoção da Vida e Prevenção do Suicídio, do Centro Estadual de Vigilância em Saúde (CEVS). Jô informa que a programação já começou com a iluminação de alguns prédios, entre eles a fachada da OAB Sorocaba e a do próprio CVV, que adotaram a cor amarela, da campanha.

Filmes da Marvel e Star Wars sairão oficialmente do catálogo da Netflix
Já era esperado que, com a chegada do novo serviço de streaming da Disney , 100% de seus conteúdos saíssem da Netflix . Também terá quatro a cinco séries originais da Disney , bem como três a quatro filmes exclusivos.

Para isso, a Rede de Atenção Psicossocial é fundamental para prevenção. Hildebrando Moraes, voluntário do CVV, explica que muitas pessoas que procuram o serviço para desabafar não têm outra pessoa para conversar. Quando recomendado pelo médico, o SUS disponibiliza gratuitamente medicamentos que podem auxiliar no tratamento dos pacientes. Não há uma estatística específica sobre as causas de suicídio. O objetivo é sensibilizar e conscientizar os profissionais da imprensa sobre a importância do seu comprometimento com a prevenção ao suicídio e orientações sobre o assunto. Segundo o psiquiatra e ex-coordenador Nacional de Saúde Mental, Roberto Tykanori, entre os principais fatores de risco estão os transtornos mentais, como: depressão, alcoolismo, esquizofrenia; questões como isolamento social, desemprego, questões psicológicas pontuais, como perdas recentes e desentendimento e dinâmica familiar; além de condições clínicas incapacitantes, como lesões desfigurantes, dor crônica e câncer. Para marcar a data, a reportagem deste domingo do blog e do JC (clique aqui para ler) chama a atenção para o luto do suicídio, experimentado por pessoas afetadas pela perda de um ente querido.

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL