Dupla Gabriel Jesus e Aguero funciona e Manchester City atropela Liverpool

Vincent De Villiers
Setembro 10, 2017

O City vencia por 1 a 0, gol de Agüero, quando Ederson sofreu o choque e precisou ser substituído. No encontro entre o Manchester City e o Liverpool, o guardião ex-Benfica Ederson, agora a jogar nos Citizens, foi vítima de uma entrada duríssima de Sadio Mané ainda antes do intervalo, acabando por abandonar o relvado de maca e com uma máscara de oxigénio.

O brasileiro Philippe Coutinho ainda vive dificuldades para voltar a atuar pelo Liverpool.

Na partida deste sábado, o Manchester City começou com os brasileiros Éderson, Danilo, Fernandinho e Gabriel Jesus entre os titulares. Ele chegou na cara do gol e bateu de chapa, mas Ederson adivinhou o que seria feito e caiu para defender, evitando o gol de empate.

O jovem defensor Arnold, jovem de 18 anos do Liverpool, se mostrou bastante inseguro no início da partida, fazendo com que o City explorasse bastante o ataque pelo seu lado. Mané recebeu cartão vermelho direto pelo lance. Com a assistência, o belga tornou-se recordista em passes para gols entre as cinco principais ligas de futebol da Europa, com 56 participações em gols, desde a temporada 2013/2014. Não sei se ele vai ficar mais bonito depois do que aconteceu, mas antes daquilo tinha evitado um golo.

Após cerca de 3 horas, termina depoimento de Joesley na PGR
Naquele momento, Miller estaria tentando "justificar a situação" que teve a JBS como um dos principais alvos da Polícia Federal. O ex-procurador Marcello Miller deve depor sobre o assunto nesta sexta (8).

O Liverpool voltou para o segundo tempo com Chamberlain no lugar de Salah.

Os gols da partida foram marcados por Aguero, Gabriel Jesus (duas vezes) e Sané que também balançou a rede duas vezes para a equipe do técnico Guardiola. Fernandinho lançou Agüero, bem posicionado que rolou para o brasileiro marcar. O Manchester City, por sua vez, foi cirúrgico e não perdeu a chance de golear. Ele recebeu cruzamento rasteiro e bateu para o o gol, mas Mignolet fez grande defesa à queima roupa, salvando o Liverpool.

Já nos acréscimos, Leroy Sané arriscou de fora da área e mandou a bola no ângulo direito de Mignolet, marcando um golaço e fechando a goleada por 5 a 0.

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL