Palmeiras encara o Atlético-MG e joga para provar que evoluiu

Vincent De Villiers
Setembro 10, 2017

O Palmeiras foi valente e acabou recompensado.

Vivendo dias um pouco mais calmos após a classificação para a decisão da Primeira Liga e querendo entrar no G-6, o Atlético Mineiro recebe o Palmeiras [VIDEO], neste sábado (9), às 16 horas, no estádio Independência, em Belo Horizonte, pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro. A partida foi marcada também pelos pênaltis: os goleiros Fernando Prass e Victor defenderam um cada.

Com o resultado, o Verdão mantém a quarta posição, agora com 37 pontos (13 a menos do que o líder Corinthians), mas ainda pode ser ultrapassado pelo Flamengo no domingo. O Atlético é o nono, com 30. A melhor delas foi aos 27 minutos, quando Fred teve um pênalti defendido por Fernando Prass. Mas Fred cobrou mal a penalidade, no canto direito de Fernando Prass, que fez bela defesa. Aos 33, o Palmeiras teve a primeira oportunidade. Os meio-campistas Jean, Tchê Tchê, Moisés e Guerra trocavam passes com habilidade e tentavam deixar os atacantes Willian e Deyverson na cara do gol. Após cobrança de falta de Cazares, Luan puxou Leonardo Silva na área.

No segundo tempo, o Palmeiras teve chance preciosa de passar novamente à frente. Leonardo Silva, em uma disputa pelo alto com Juninho, colocou a mão na bola.

A condição rara que afeta Kate Middleton — Hyperemesis gravidarum
Na instituição de ensino, o herdeiro do trono britânico será chamado pelos colegas e professores como George de Cambridge. O casal, que deu o nó a 29 de abril de 2011, já é pai George , de 4 anos, e Charlotte , de 2.

O goleiro atleticano Victor também pegou pênalti no confronto —em cobrança de Deyverson, no início do segundo tempo.

Na etapa final, não teve mais gols. O time do técnico Cuca teve Luan e Willian expulsos na partida, mas, mesmo assim, conseguiu segurar o empate fora de casa. Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS). Renda: R$ 432.613,00. Público: 15.672 pagantes. O duelo contra o Palmeiras, neste sábado, às 16h (de Brasília), no Independência, representa para o jogador, porém, a chance de dar a volta por cima e voltar a marcar.

O Palmeiras definiu com o Barcelona os detalhes da transferência do zagueiro Mina. Mesmo conseguindo manter Mina por aproximadamente mais dez meses, o Palmeiras já contratou zagueiros para repor a perda. A época da transferência já havia sido acertada em um pré-acordo feito entre os clubes no primeiro semestre e foi sacramentada na última semana, durante viagem do diretor de futebol do Alviverde, Alexandre Mattos, à Europa.

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL