Chapecoense x Cruzeiro: veja o gol do jogo

Vincent De Villiers
Setembro 11, 2017

O Cruzeiro entrará em campo com um time misto para enfrentar a Chapecoense neste domingo, às 19 horas, na Arena Condá, em Chapecó (SC), pela 23.ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O próximo compromisso do Cruzeiro será no domingo (17), contra o Bahia, no Mineirão.

Já na etapa final de partida, Túlio de Melo cabeceou livre, de frente para o gol de Fábio, para diminuir o placar para os donos da casa. A Chape visita o Grêmio, no mesmo dia, às 16h. A opção de Mano deu certo, com Raniel marcando o segundo gol do Cruzeiro e sendo fundamental na jogada que resultou no primeiro marcado pelo time. A Chapecoense tentava pressionar nos minutos finais, mas não era eficiente. O time da casa comandava o ritmo de jogo e fazia as melhores jogadas.

O segundo tempo começou parecido com o primeiro: com a Chapecoense com mais posse e, desta vez, criando mais chances, esbarrando na boa atuação de Fábio para seguir atrás no placar.

CVV faz caminhada pela prevenção ao suicídio no Setembro Amarelo
Quando recomendado pelo médico, o SUS disponibiliza gratuitamente medicamentos que podem auxiliar no tratamento dos pacientes. Para isso, a Rede de Atenção Psicossocial é fundamental para prevenção .

O primeiro tempo foi todo dominado pela Chapecoense. Quando voltou para o Brasil, o time sentiu o cansaço e não conseguiu reunir forças para brigar contra o rebaixamento.

O Cruzeiro foi superior na maior parte do jogo. Com isso, Rafinha e Arrascaeta, que caiam pelos lados, davam velocidade nas pontas e criavam oportunidades. Raniel fez aos 17 minutos do segundo tempo e deixa o Cruzeiro com vantagem de dois gols no jogo. Em cruzamento na área, Léo conseguiu desvia de cabeça e o goleiro Jandrei fez bela defesa. Mas o atacante Raniel pegou o rebote e colocou para o fundo da rede, contando, ainda, com ajuda do zagueiro Douglas Grolli.

Bem postado taticamente e conseguindo fechar os espaços, o Cruzeiro encontrou seu segundo gol após bola cruzada aos 17min. O time celeste não recuou, mas mudou a maneira de jogar e deixava sempre um homem aberto nas pontas, sendo ele Alisson ou Thiago Neves. A Chape ainda chegou a descontar com Túlio de Melo, mas não teve forças para buscar o empate.

Jandrei; Apodi, Douglas Grolli, Fabrício Bruno e Roberto (Diego Renan); Moisés Ribeiro, Canteros, Seijas (Julio Cesar) e Arthur (Penilla); Wellington Paulista e Túlio de Melo.

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL