NASA divulga imagens de satélite do fenômeno — Furacão Irma

Patrice Gainsbourg
Setembro 12, 2017

O Irma foi o furacão mais forte da história no Oceano Atlântico. Quem ficou, tomou as precauções como pôde, como a instalação de madeiras compensadas nas janelas, estoque de água e de comida.

Várias ruas de Miami Beach, Brickell e Downtown são incapazes de drenar a chuva que cai com intensidade desde sexta-feira à tarde, numa cidade que, todavia, respira de alívio por já não estar na trajetória do olho do furacão, como inicialmente estimaram os serviços meteorológicos.

A passagem do Irma, que começou como furacão de categoria 5 (o nível máximo) e baixou entretanto para tempestade tropical, motivou a retirada de milhões de pessoas e privou milhões de residentes de eletricidade na Florida, mas parece ter sido menos destrutivo do que se acreditava inicialmente nos EUA.

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local.

Furacão Irma na categoria 4.

Cinquenta Tons de Liberdade: Anastasia vira Sra. Grey no primeiro teaser
O filme é dirigido por James Foley ( House of Cards ), o mesmo de Cinquenta Tons Mais Escuros, lançado neste ano. Há praias paradisíacas, barcos privados, beijos e muitos momentos sensuais.

Este furação ameaçou Cuba e o Estado norte-americano da Florida.

O Centro Nacional de Furacões dos EUA disse em um aviso que o centro do furacão atingiria o território das ilhas no sul da Flórida em breve.

Cerca das 17:00 em Miami (22:00 em Lisboa), o Irma localizava-se a uma dezena de quilómetros a norte da localidade balneária de Naples e dirigia-se para o norte da península a uma velocidade de 22 quilómetros/hora.

No início desta segunda-feira o Irma provocou rajadas de vento de até 160 km/h por hora e chuvas torrenciais em áreas em torno de Orlando, uma das regiões turísticas mais populares da Flórida por causa de seus vários parques temáticos, informou o Serviço Nacional do Clima. Os ventos do Furacão Irma já chegaram a 250 km/h, podendo destelhar casas e até mesmo levantar pessoas do chão.

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL