Santander Cultural cancela exposição 'Queermuseu - Cartografias da diferença na arte brasileira'

Patrice Gainsbourg
Setembro 13, 2017

A exposição do Santander Cultural, em Porto Alegre, aberta ao público no dia 15 de agosto e em encerrada precipitadamente neste final de semana após manifestações de grupos contrários ao conteúdo artístico, foi também repudiada pela Arquidiocese de Porto Alegre.

- Não fui consultado pelo Santander sobre o fechamento.

Na internet, há ainda um abaixo-assinado pela sua reabertura.

Está acontecendo neste momento um protesto a favor da Exposição do Santander na Praça da Alfândega, bem em frente ao prédio do Santander Cultural em Porto Alegre.

A ideia da exposição do Santander Cultural era exatamente debater a expressão e identidade de gênero.

A mostra contava com mais de 270 obras, que exploram a diversidade dos gêneros, e estava prevista para ir até 8 de outubro no Santander Cultural, mas foi fechada no domingo, 10.

"Se esse objetivo não foi atingido, temos o dever de procurar novas e diferentes abordagens".

Episódio IX: JJ Abrams vai dirigir 'Star Wars
Abrams ('Star Wars - O Despertar da Força' ), vai dirigir o Episódio IX. A Lucasfilm acaba de anunciar que após a saída do antigo diretor, J.J.

O que a Justiça diz sobre a Exposição do Santander?

"Verificamos as obras e não há pedofilia". Segundo a assessoria de comunicação do Ministério Público do Rio Grande do Sul, o caso ainda está sendo investigado, mas o parecer inicial é que não foram encontrados casos de pedofilia entre as produções artísticas que ferissem o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), mas algumas imagens que "podem caracterizar cenas de sexo explícito".

Segundo o promotor Julio Almeida em entrevista ao G1, não existe pedofilia. Segundo o site The Guardian, "Uma tempestade de censura entra em erupção no Brasil e atinge a liberdade artística, depois que uma exposição de arte no centro cultural de um banco multinacional foi cancelada, após uma campanha de manifestantes de direita". Repudiamos também a decisão do Santander Cultural de encerrar prematuramente a exposição, recuando diante das manifestações fascistas de ódio e preconceito. Um comunicado foi publicado na fanpage da instituição no Facebook criticando as obras.

"Tod@s lá! Nenhum direito a menos!"

"Havia crianças observando esta 'obra de arte' que escarnece Jesus Cristo", dizia Felipe Diehl, blogueiro do MBL. Perguntaram se eu queria saber a opinião do banco sobre o assunto.

Que tal você seguir as nossas redes sociais como o Twitter e Facebook para você continuar acompanhando as melhores matérias sobre tecnologia, entretenimento e redes sociais, diariamente, em suas redes sociais.

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL