EQA: o primeiro Mercedes compacto totalmente elétrico

Eloi Lecerf
Setembro 14, 2017

No Salão de Frankfurt que está a decorrer, a marca regressa com uma nova proposta, bem mais compacta - o Mercedes-Benz EQA. Com a denominação C, o segmento faz parte da estratégia da montadora de produzir mais de dez veículos totalmente elétricos no mercado até 2022.

O EQA não será, contudo, o primeiro a ser lançado comercialmente, essa honra caberá ao EDC, o SUV baseado no protótipo apresentado no salão de Paris do ano passado. O EQA, por exemplo, é tração integral, tendo um motor elétrico por eixo - com distribuição de binário variável pelos dois eixos, acessível pelos dois modos de condução Sport e Sport Plus.

Aposta nos elétricos da Mercerdes-Benz ganham continuidade com a apresentação do novo EQA. A bateria tem capacidade de 60kWh, permitindo uma autonomia de 400 km, podendo ser carregada por indução - sem cabos, o carro pára sobre uma placa específica - ou numa "wallbox", estando também preparado para recargas rápidas. "É ligeiramente mais curto, largo e baixo que o Classe A, o que conjugando com a distância entre eixos de 2729 mm (+ 30 mm), aproxima as rodas dos cantos da carroçaria, percepção aumentada pelo recurso a jantes de 20". A face do EQA recupera o tema do EQC, onde óticas - em fibra laser - e grelha estão unidos como de um elemento único se tratasse.

Flórida: O antes e o depois do furacão Irma
Risco persiste Segundo o Centro Nacional de Furacões dos EUA (NHC), depois a tempestade enfraqueceu até à categoria 1 com ventos de até 136 km/h .

Por ser elétrico não tem radiador e, nesse caso, na frente do carro há uma grelha que muda de cor consoante a opção de condução do utilizador: azul para o modo Sport e encarnado para o Sport Plus. Chegada ao mercado prevista para 2020.

"Em 2022, todo o catálogo de produtos Mercedes-Benz estará disponível em versão elétrica para oferecer o máximo de escolha aos nossos consumidores", disse o presidente do grupo, Dieter Zetsche, em um dia dedicado aos investidores em Sindelfingen, no sul do país.

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL