Chrome vai desativar reprodução automática de vídeos com som

Eloi Lecerf
Setembro 15, 2017

O autoplay, ou a reprodução automática de vídeos, pode ser algo bastante inoportuno. Deste modo, é o fim das surpresas enquanto acessa alguns sites. "Isso vai permitir que o autoplay aconteça só se o usuário quiser". De resto, nos celulares e tablets, valem as mesmas regras, com a reprodução dos vídeos sendo iniciada em segundo plano somente quando o usuário mostrar interesse pelo conteúdo.

Já a versão 64 do Chrome vai ainda mais longe, desativando por completo o conteúdo multimédia caso o utilizador não tenha interesse na visualização do mesmo. A reprodução automática de mídia se tornou uma alternativa para criadores chamarem atenção para os próprios sites, entretanto acabam gerando incômodos para os utilizadores, com sons sendo emitidos sem que eles estejam esperando por isso - ou podendo fazer barulho. "Essas mudanças também vão unificar os comportamentos do desktop e do mobile, fazendo o desenvolvimento para web mais previsível entre plataformas e navegadores", explicou a Gigante das Buscas.

Fluminense vence LDU em Maracanã cheio, mas decisão fica em aberto
Aos 22 minutos, Henrique Dourado recebeu de Wendel e mandou a bomba que passou perto da trave defendida por Nazareno. Jogadores da categoria sub-20 completaram os times durante a atividade comandada pelo técnico Abel Braga .

Este tipo de vídeos são especialmente irritantes caso use o computador de headphones, sendo considerados por muito como um abuso por parte de determinados sites na internet.

Por fim, as funcionalidades completas que restringem a reprodução automática chegam com a versão Beta do Chrome 64, que será liberada em dezembro. A previsão de lançamento para todos os utilizadores do browser é janeiro do ano que vem.

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL