McLaren rompe contrato com Honda e usará motores Renault

Oceane Deschanel
Setembro 16, 2017

Rumores nas últimas semanas apontam que a McLaren deve anunciar no fim de semana, durante o GP de Cingapura, o fim da parceria com a Honda. A partir da temporada de 2018, a equipa britânica utilizará motores de origem Renault.

Os responsáveis da Honda comentaram em Singapura o final da parceria com a McLaren assumindo uma "vergonha" pelo desfecho.

O levantar da cabeça foi feito pelo diretor de operações da marca japonesa, Katsuhide Moriyama, falando do "prazer desta nova relação com a Toro Rosso, uma equipa com energia jovem e que procura o futuro".

O acordo também deve garantir a permanência de Fernando Alonso na equipe de Woking para o próximo ano.

Marcelo Rezende com pneumonia e câncer faz namorada tomar atitude linda
O antigo apresentador do Cidade Alerta decidiu abandonar o tratamento convencional contra o câncer em busca de "cura espiritual". Mas quando estou mal coloco minha cabeça em Deus.

Estou muito feliz por me juntar à Renault. Atual líder do campeonato, e em busca do quarto título na Fórmula 1, o piloto da Mercedes já teve Alonso como principal adversário na briga pela taça de campeão.

Para evitar que a Honda deixasse a Fórmula 1, os principais chefes da categoria conseguiram um acordo para que a fabricante japonesa fornecesse seus motores para a equipe Toro Rosso a partir da próxima temporada.

E, esse, para Moriyama é ambicioso: "O espírito da Honda vai voltar e no ano que vem o nosso objetivo será poder estar a lutar entre os três primeiros".

O piloto de 23 anos, que já soma 53 Grandes prémios na carreira desde a sua estreia em 2015, chega à formação francesa numa espécie de "empréstimo" da Red Bull Racing, já que a formação do "touro vermelho" vai "continuar de olho" no espanhol e fica com a possibilidade de o resgatar nos próximos anos. No final da temporada, a dupla acabou derrotada por Kimi Raikkonen por apenas um ponto, mas as rusgas entre ambos parecem estar no passado, e Lewis afirma torcer para que o rival tenha novamente um bom carro em mãos.

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL