Atlético-GO vence Ponte Preta em Campinas — Brasileirão

Vincent De Villiers
Setembro 17, 2017

Neste sábado (16), a partir das 21 horas, Ponte Preta e Atlético Goianiense se enfrentam em partida válida pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro. Assim como o técnico Gilson Kleina, João Paulo Sanches também não deixou pistas sobre a escalação titular. Já a Ponte Preta estaciona nos 28 pontos e segue apenas dois pontos acima da zona da degola. Pelo lado da Ponte Preta, a derrota ligou o pisca-alerta da equipe que pode conhecer a zona de rebaixamento, dependendo do resultado de seus rivais.

Com o resultado, o Atlético-GO chega a 22 pontos e diminui para cinco a diferença para o Coritiba –primeiro time fora do Z4. Em sua terceira partida consecutiva sem derrota pelo torneio nacional, o time goiano contou com um gol de Walter para vencer a Ponte Preta por 3 a 1, no Moisés Lucarelli. Autor do gol da vitória do Atlético-GO, o atacante não marcava desde o dia 15 de maio, na estreia do Brasileirão. Após levantamento na área, o goleiro Marcos rebateu nos pés do zagueiro Willian Alves e a bola ainda teria resvalado no atacante Léo Gamalho antes de entrar na meta. Bruno Pacheco cruzou em curva e Walter se antecipou a Danilo Barcelos para testar firme no canto direito de Aranha.

A Ponte Preta corria em busca do empate, mas de forma desordenada. O São Paulo, com 24 pontos, pega o Vitória às 16 horas deste domingo, no Barradão. A Ponte Preta enfrenta a Chapecoense (SC) na Arena Condá, enquanto o Atlético (GO) recebe o Cruzeiro (MG) no Olímpico Pedro Ludovico.

Ex-proprietária da casa de Medina ficou a perder 198 mil euros
Como o i avançou na edição de ontem, a aquisição do imóvel está a ser investigada pelo DIAP de Lisboa. Recorri a financiamento bancário para pagar a compra.

Superior ao time mandante durante o primeiro tempo, o Atlético-GO surpreendeu e conseguiu inaugurar o marcador aos 42 minutos. Marllon desviou e Lucca bateu para grande defesa de Marcos.

Experiente, Emerson Sheik foi recuado para o meio-campo, enquanto Lucca, Felipe Saraiva e Léo Gamalho formaram a linha ofensiva do time de Campinas. Novamente atrás do placar, a Ponte pressionava mais e no último lance de bola parada do jogo, Aranha subiu para ajudar a macaca, mas em contra-ataque mortal do Atlético, Walter tocou para Ronaldo que sem ângulo chutou de longe e fechou o resultado, Atlético 3 a 1 em Campinas. Ronaldo recebeu de Walter e, de longe, completou para as redes.

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL