Morre Marcelo Rezende e última imagem vivo emociona fãs

Rebecca Barbier
Setembro 17, 2017

Morreu neste sábado (16), aos 65 anos, o jornalista Marcelo Rezende, após lutar durante quatro meses contra um câncer no pâncreas e outro no fígado. A RecordTV confirmou a informação às 19h14 em plantão e também por meio de nota oficial.

Ele estava internado com quadro de pneumonia grave no hospital Moriah, em São Paulo, que é ligado à Igreja Universal do Reino de Deus. O apresentador lutava contra câncer no fígado e no pâncreas. News e do Cidade Alerta (na Record), programa que ele assumiu até a licença médica por conta do tratamento contra o câncer.

Marcelo Luiz Rezende Fernandes nasceu no Rio de Janeiro, em 12 de novembro de 1951. Foi apresentador do telejornal RedeTV! O apresentador deixa cinco filhos e dois netos, além de sua namorada que sempre esteve ao seu lado durante os momentos mais difíceis de sua vida.

PF desarticula esquema criminoso responsável por furtos na Caixa
Até o fim da manhã desta quinta-feira, a PF havia prendido 12 pessoas suspeitas de participação no esquema. Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Passou por várias emissoras de televisão do país e foi responsável por trabalhos marcantes como a entrevista com Francisco de Assis Pereira, conhecido como "Maníaco do Parque", e a reportagem com a denúncia do abuso de autoridade policial na Favela Naval, em Diadema. Rezende foi um repórter investigativo de raro talento e um apresentador polêmico que não tinha medo de expor suas opiniões.

Começou sua carreira como repórter esportivo nos anos 70 do Jornal dos Sports. Lá, popularizou bordões como "Corta pra mim!" e "Bota exclusivo, minha filha, dá trabalho pra fazer". A carreira sofreu uma guinada quando foi designado para fazer reportagens investigativas. Em 1999, fez parte da equipe de criação do Linha Direta, do qual tornou-se apresentador. "Ele dizia 'não temos amigos, nem inimigos, trabalhamos para o interesse público, o interesse da comunidade'". Descontração e alegria que contagiaram milhões de brasileiros e marcaram uma nova alternativa de informar os telespectadores.

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL