Produtor de 'Narcos' é assassinado por traficantes no México

Rebecca Barbier
Setembro 17, 2017

Um location scout (produtor de localização, traduzido livremente) da série de sucesso da Netflix Narcos foi encontrado morto pela polícia mexicana.

A série "Narcos", com três temporadas disponíveis no Netflix, narra a história da ascensão e queda de alguns dos maiores narcotraficantes desde o início da década de 1980 na América Latina.

Segundo um amigo de Munhoz, nesta segunda-feira (11), este chegou ao estado do México em seu carro para tirar umas fotos. Seu corpo foi achado com tiros e seu carro estava abandonado na beira de uma estrada.

"Talvez pensaram que ele estava coletando informações e começaram a segui-lo em um carro", disse.

UE reforça sanções com novo endurecimento já em agenda — Coreia do Norte
Autoridades da Coreia do Sul e dos EUA estão analisando os detalhes do lançamento, segundo escritório das Forças Armadas em Seul. Pyongyang havia prometido na quarta (13) acelerar seus programas militares proibidos em resposta às "maléficas" sanções da ONU.

Portal era um experiente assistente de produção, especializado em encontrar locais para filmagens de grandes produções cinematográficas americanas no México.

O rapaz já havia trabalhado para os filmes como Sicario: Terra de Ninguém e Velozes e Furiosos.

Um porta-voz do Ministério Público mexicano afirma que não há testemunhas, porque a região é despovoada, mas que as autoridades suspeitam que ele sofreu uma perseguição.

"Sabemos do falecimento de Carlos Muñoz Portal, um respeitado gerente de locações, e oferecemos nossas condolências a seus familiares". "Os fatos ainda são desconhecidos, e as autoridades continuam a investigar o que aconteceu".

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL