Após prisão de Wesley, fundador da JBS volta ao comando da empresa

Judith Bessette
Setembro 18, 2017

O conselho de administração da JBS, dona da marca Friboi, substituirá Wesley Batista, preso na última 4ª feira (13.set.2017), na função de diretor executivo pelo pai, José Batista Sobrinho, fundador da empresa. "Fico orgulhoso de reassumir a empresa que fundei".

O argumento da família para esse movimento é que Batista Sobrinho, conhecido como Zé Mineiro, dará "estabilidade" à empresa, cumprindo o mandato de Wesley, que se encerra em 2019, no comando da JBS. Ele é membro do Conselho de Administração da companhia há mais de dez anos.

O conselho também definiu a criação de um Time Global de Liderança, responsável por assessorar a presidência em tomada de decisões.

Na mesma reunião, o Conselho de Administração da JBS deliberou pela nomeação, como seu membro efetivo, de Aguinaldo Gomes Ramos Filho, executivo com experiência nas operações da JBS no Brasil, Uruguai e Paraguai, em substituição a Wesley Batista.

Com mais uma valorização na sexta-feira passada - de 3,03% em relação à véspera -, as ações da JBS encerraram a semana mais turbulenta da história da empresa com alta acumulada de 8,06% na B3, segundo o Valor Data. Farahat assumiu a presidência do conselho após a renúncia de Joesley ao cargo em maio. A companhia também está em negociação com bancos credores para alongar sua dívida. De acordo com a Polícia Federal, eles cometeram dois crimes contra o mercado financeiro (e contra a administração da rede de frigoríficos) durante as tratativas de seus acordos de colaboração premiada com a Procuradoria-Geral da República.

Netflix libera foto e trailer de "O Justiceiro", nova série na Marvel
Agora que a notícia acabou, aproveita para conferir o vídeo mais novo no nosso canal ! Ainda sem data definida, Justiceiro deve fazer sua estreia na Netflix ainda em 2017.

Neto do novo presidente, Wesley Filho passará a ser diretor estatutário da JBS.

Os irmãos Batista detém 100% das ações da FB Participações e somente 42% dos papéis da JBS.

Por ser jovem, Wesley Filho, de 26 anos, seria alvo de críticas, avaliou a família.

O banco de fomento informou em agosto que iria defender em assembleia de acionistas que a JBS abra um processo de responsabilidade contra os irmãos Wesley e Joesley Batista e outros ex-executivos da empresa por prejuízos causados à companhia.

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL