Corinthians vence com gol de mão e fica mais perto do título

Patrice Gainsbourg
Setembro 19, 2017

O empate por 1 a 1 com o time argentino em Itaquera fez o Corinthians depender de uma vitória no Cilindro para avançar na Sul-Americana sem a necessidade da disputa de pênaltis. Na sequência, Nenê dominou pela direita e arriscou de fora da área, em um lance de perigo para o goleiro Cássio. Como o Jô poderia saber se a bola estava dentro? O juiz não marcou a penalidade e gerou reclamações da torcida e dos atletas do Timão.

O time do Corinthians começava a mostrar nervosismo com o fato da bola não entrar.

A pressão continuou com Jadson, aos oito, perdendo uma oportunidade após tabela entre Rodriguinho e Fagner. Marquinhos Gabriel cruzou e Jô completou para o gol em cima da linha em um gol polêmico, que teria sido feito com o braço. Romero foi bem pela esquerda e cruzou para a área. Com exceção de um chute de Rodriguinho logo aos quatro minutos, quando a bola bateu na rede pelo lado de fora os donos da casa não conseguiram assustar Martín Silva.

O lance capital do primeiro tempo foi aos 39 minutos.

Temer janta com Trump nos EUA para discutir crise na Venezuela
A chegada de Temer em Nova York está prevista para às 17h de segunda-feira (18h, horário de Brasília). O Grupo de Lima e o Mercosul propõem adiar o encontro.

O técnico Fábio Carille admitiu que preservará os jogadores do Corinthians desgastados fisicamente da partida contra o Racing, pela Conmebol Sul-Americana, na noite de quarta-feira (20 de setembro), na Argentina. No entanto, no momento em que o treinador do time paulista trocou Jadson por Marquinhos Gabriel, a história da partida mudou.

Em abril, quando o zagueiro Rodrigo Caio, do São Paulo, confessou ter cometido falta e com isso fez o árbitro voltar atrás no cartão amarelo dado ao atacante, Jô elogiou a honestidade do colega e disse que o futebol precisava de mais gestos como aquele.

Antes de conseguir o gol com a mão de Jô, o Corinthians já tinha dado um show de gols perdidos e tinha visto Martín Silva se candidatar ao posto de melhor do jogo.

Pelo Brasileiro, o compromisso será no domingo, às 11 horas, no clássico com o São Paulo, no Morumbi. O Vasco vai até Recife jogar contra o Sport na Ilha do Retiro, na segunda-feira (25).

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL