Governo manda FAB resgatar brasileiros no Caribe

Eloi Lecerf
Setembro 19, 2017

O Irma matou ao menos 10 pessoas na parte francesa de Saint Martin e na ilha vizinha de São Bartolomeu.

Imagens divulgadas nesta terça-feira (12) pelo Observatório da Terra da Nasa, a agência espacial norte-americana, mostram efeitos da passagem do furacão Irma nas ilhas do Caribe antes de chegar à Florida e passar por território norte-americano.

O Itamaraty contabilizou, até o momento, cerca de 60 brasileiros nas ilhas de Saint Martin, Turcas e Caicos, e Tortola.

O governo brasileiro também está em contato com o Reino Unido para coordenar a retirada dos cidadãos brasileiros em territórios britânicos, uma vez que a pista do aeroporto de Tortola não permite aterrissagem nas condições atuais.

Temer janta com Trump nos EUA para discutir crise na Venezuela
A chegada de Temer em Nova York está prevista para às 17h de segunda-feira (18h, horário de Brasília). O Grupo de Lima e o Mercosul propõem adiar o encontro.

O ministério vem monitorando a situação dos brasileiros afetados pela passagem do Irma nas ilhas de Saint Martin, Tortola e Turcas e Caicos, que apresentaram situação de colapso total ou parcial da infraestrutura de transportes, comunicações e abastecimento.

O governo solicitou às Embaixadas do Brasil na França, nos Países Baixos e no Reino Unido que incluíssem brasileiros no plano de evacuação nas respectivas ilhas.

Para atender os brasileiros na região, o Itamaraty montou um núcleo de atendimento emergencial em Brasília, que está em contato com todos os postos da rede consular diretamente responsáveis. O sul-catarinense João Batista Borges foi um dos que ficou, na cidade de Pompano Beach, onde a tempestade não passou com tanta força como nas ilhas Keys, onde passou o olho do furacão, e cidades como Miami, que teve o centro inundado pelo mar, além de Naples, Fort Myers, Orlando e a baía de Tampa. Ela e o marido deixaram a ilha em um avião da Força Aérea dos EUA por terem cidadania norte-americana, e foram levados para Porto Rico.

O voo da FAB tem como destino a ilha de São Martinho.

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL