'Homem de Deus' não assume que marcou gol com braço

Vincent De Villiers
Setembro 20, 2017

O Vasco da Gama, foi derrotado pelo Corinthians, por 1 a 0, no último domingo (17), jogando na Arena Corinthians. Se vocês (jornalistas) pararam, tiveram que analisar, o juiz não tem tempo para isso.

O gol de braço de Jô na vitória do Corinthians sobre o Vasco deu, e provavelmente ainda vai dar, muito o que falar.

Mas quis o destino - sempre ele! - que o duelo fosse resolvido em um cruzamento de Marquinhos Gabriel, o Renascido, que encontrou conforto nos "braços de Diós" - conhecido em Itaquera como "Jô" - e foi dormir, mansamente, no fundo do gol defendido por Martín Silva que, inconformado com a marcação da arbitragem, tenta morder os prórpios cotovelos até hoje como forma de terapia. "É fazer o melhor contra o Vasco", concluiu o treinador.

Cria das categorias de base do Corinthians, o atacante Jô tornou-se, neste domingo (17/9), o maior artilheiro do clube na história do Campeonato Brasileiro em pontos corridos, que começou em 2003.

O atacante corintiano ainda se disse a favor da utilização do árbitro de vídeo ainda nesta edição do Campeonato Brasileiro. Ele é pago para ganhar, para se esforçar, ir a campo e ganhar, e foi isso que ele fez.

Juiz federal aceita nova denúncia contra o ex-presidente Lula
O intuito da verba seria custear campanhas eleitorais do Partido dos Trabalhadores. Cada um é acusado de ter diferentes níveis de envolvimento no esquema.

Em confronto direto de times na zona do rebaixamento, o São Paulo conseguiu um vitória fundamental diante do Vitória, no Barradão.

Gol: Jô, para o Corinthians, aos 28 minutos do segundo tempo.

O atacante reconheceu ter ficado chateado com a repercussão do caso, mas garante que recebeu ligações de apoio de outros atletas. Depois que saio do jogo, não tinha visto a imagem, o gol, depois em casa, com tranquilidade, pude ver que a bola bateu no braço. É só para dar um ponto final nessa polêmica. O Vasco vai até Recife jogar contra o Sport na Ilha do Retiro, na segunda-feira (25).

O Timão tem 73,6% de aproveitamento com 16 vitórias, cinco empates e três derrotas em 24 jogos do Brasileirão.

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL