Atlético Madrid: Colchoneros chegam a acordo com o Chelsea por Diego Costa

Vincent De Villiers
Setembro 21, 2017

O Atlético Madrid deu conta hoje, através do seu site oficial, ter chegado a um princípio de acordo com o Chelsea, tendo em vista a transferência do avançado hispano-brasileiro Diego Costa para os 'colchoneros'. Com tudo acertado, o brasileiro viajará para fazer exames médicos e já deverá estar nos camarotes do estádio Wada Metropolitano no sábado, quando o time encara o Sevilla, pelo campeonato nacional, às 8h (horário de Brasília). Além da punição, a janela de transferências já se fechou. Por isso, ele só poderá ser inscrito a partir de janeiro. Mesmo fora dos planos de Antonio Conte no Chelsea, o retorno do atacante ao Atlético não será nada barato. O "AS" noticiou que os ingleses receberão R$ 225 milhões pela transferência. Para tudo ser sacramentado, restam apenas uma troca de documentos e os exames. Aparadas as últimas arestas, o atacante assinará até 2021.

Trump: 'Se necessário, não evitaremos destruir a Coreia do Norte'
Trump afirmou que a "ditadura socialista" de Nicolás Maduro destruiu um país que era próspero e levou à miséria e à fome da população venezuelana.

O lateral esquerdo Filipe Luis, que jogou ao lado de Diego na primeira passagem do atacante, além de ter ido junto com ele para a Inglaterra, em 2014, comentou a provável chegada do atleta aos madrilenhos. Voltou ao clube em 2010, chegou a ser reemprestado para o Valladolid em 2012, mas decolou na sequência, com a conquista do título espanhol de 2013/2014. Costa combinou com a diretoria do clube inglês que não defenderia mais o Chelsea, ficando fora até de treinamentos com o elenco.

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL