Porto Rico. Barragem cede e várias cidades são evacuadas

Rebecca Barbier
Setembro 24, 2017

Em meio à forte onda de furacões que temos acompanhado nos últimos tempos, os holofotes agora estão voltados ao furacão Maria, que atingiu Porto Rico, levando destruição por onde passa. A notícia de que a barragem que retém o rio de Guajataca foi anunciada ao início da tarde (começo da noirte em Portugal) pelos serviços de emergência porto-riquenhos, que disseram também que estavam a realizar as operações de retirada de pessoas "o mais rápido que conseguimos".

"Não posso acreditar que depois de termos ajudado as pessoas de outras ilhas após o furacão Irma, agora tenhamos que lidar com roubos aqui", disse à AFP Alex García, um dos moradores da área que levava água para pessoas ilhadas. O governador ainda impôs um toque de recolher do pôr-do-sol ao amanhecer que ficará em vigor até sábado. Inundações foram reportadas na zona costeira de Altagracia (leste), Samana e Nagua (noroeste).

Na ilha de Dominica, 14 mortes foram relatadas. Quatro aeroportos internacionais estão fechados e apenas opera o que serve a Santo Domingo, capital.

Caribe prepara para receber furacão Maria — Mundo
Muitos moradores das Ilhas Virgens norte-americanas fugiram para abrigos na terça-feira. Sua casa foi destelhada pela tempestade e ele teve de ser resgatado pelos bombeiros.

Após sua passagem pelas Antilhas Menores, o furacão também deixou dois mortos em Guadalupe e uma catástrofe em Dominica, uma pequena ilha do Caribe onde foram reportados 15 mortos até o momento.

Foram ordenadas evacuações em 26 das 32 províncias do país, mais de 18.000 pessoas tiveram que deixar as suas casas, uma ponte caiu e quase 4.000 residências sofreram danos. Skerrit chorou ao falar a um repórter na ilha vizinha de Antígua.

Station cameras captured dramatic views of Hurricane Maria as it churned through Caribbean Sept. 19 as a category 5 storm.

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL