Novo calendário PIS/Pasep 2017: Governo antecipa os pagamentos de 2018

Judith Bessette
Setembro 28, 2017

O governo divulgou nesta quinta-feira o calendário para saques do PIS/Pasep já com as novas regras, que reduziram a idade mínima para ter acesso ao recurso. Em primeiro lugar, a liberação antecipada dos saques do PIS/Pasep, o que segundo Temer deve ultrapassar R$ 15 bilhões.

Na coletiva, também foi anunciada a redução do crédito consignado para funcionários da ativa de 2,2% ao mês para 2,05%, e para aposentados de 2,14% para 2,08% ao mês.

O fundo PIS-Pasep tem cerca de R$ 37 bilhões em nome dos cotistas. A medida beneficia 7,8 milhões de cotistas.

O calendário ficou definido da seguinte forma: Homens e mulheres com mais de 70 anos poderão sacar a partir de 19 de outubro; homens e mulheres aposentados podem realizar os saques a partir do dia 17 de novembro; e homens com 65 ou mais e mulheres com 62 anos ou mais, não aposentados, poderão sacar a partir de 14 de dezembro. No caso de cotistas falecidos, os herdeiros terão direito aos recursos do PIS/Pasep. O crédito será feito automaticamente para correntistas da Caixa Econômica Federal (CEF) e Banco do Brasil.

TSE revoga prisão domiciliar do ex-governador do RJ Anthony Garotinho - Metrópoles
Votaram a favor de Garotinho os ministros Tarcísio Vieira de Carvalho, Napoleão Nunes Maia Filho, Admar Gonzaga e Gilmar Mendes. A ministra Rosa Weber e o ministro Antônio Herman Benjamin foram contra a liberdade do ex-governador.

A consulta para saber se há valores disponíveis poderá ser feita nas agências da Caixa Econômica Federal.

O anúncio desta quarta é mais um item da agenda positiva que o Palácio do Planalto tenta imprimir ao longo da discussão na Câmara dos Deputados da segunda denúncia apresentada pela Procuradoria Geral da República contra Temer. O saldo médio dos cotistas é de R$ 1,2 mil, sendo que a maioria tem saldo em torno de R$ 750 na conta do PIS/Pasep. Esse grupo deve retirar, ao todo, R$ 4,7 bilhões.

O calendário de saques foi informado no mesmo dia da divulgação de pesquisa Ibope sobre a avaliação do governo de Michel Temer. Ele lembrou que o PIS refere-se aos trabalhadores da iniciativa privada, e o Pasep aos empregados do serviço público.

O ministro explicou que as contas do PIS e do Pasep foram constituídas por pessoas que trabalharam até 1988 com carteira assinada e que os recursos vinham sendo liberados para quem fazia 70 anos, mas o volume de saques no PIS/Pasep era sempre muito baixo. Serão beneficiados homens acima de 65 anos e mulheres acima de 62 anos.

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL