"Temos de trabalhar muito" — Rui Vitória

Patrice Gainsbourg
Setembro 28, 2017

Pesadelo para as águias em Basileia na segunda jornada do Grupo A da Champions.

Fesja fez o penálti sobre Oberlin, cuja velocidade foi demais para os defesas encarnados, de que resultou, aos 59 minutos, no terceiro golo, marcado por Wolfswinkel, o quarto, dez minutos depois, teve as assinaturas do mesmo Oberlin e de Luisão, muito mal batido, e o quinto, aos 77, por Riveros, que entrara uns minutos antes a render Petretta, foi antecedido de outro lance em que o Basileia atirou na mesma jogada a bola duas vezes aos postes, com Júlio César feito 'boneca de trapos'.

Na primeira jornada da prova, o clube lisboeta perdeu por 2-1 na receção ao CSKA Moscovo, que defronta na quarta-feira os ingleses do Manchester United, vencedores por 3-0 na receção ao Basileia, na ronda anterior. "Na segunda parte, com erros acumulados, teve este desfecho que não queríamos", admitiu o técnico encarnado, após o jogo, em declarações à SportTV. A equipa tem mais valor e qualidade do que mostrámos aqui.

Real Madrid anuncia renovação com zagueiro Varane
Os contratos dos goleiros Keylor Navas e Kiko Casilla, dos zagueiros Sergio Ramos e Nacho além do meia Luka Modric acabaram daqui a três anos.

"Começou logo muito mal. Cometemos muitos erros e a este nível paga-se caro. Errámos todos muito. Temos de lutar de forma determinada, temos de ir à procura de pontos e de vitórias". "Vamos lugar até à exaustão", frisou Rui Vitória sobre as contas do apuramento.

O pesadelo de Vigo, em que o Benfica perdeu por 7-0 para a Taça UEFA na época 1999/2000 chegou a pairar no Saint Jakob-Park, mas, desta vez, a derrota não foi tão copiosa.

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL