Inglaterra junta-se à Alemanha rumo ao Mundial 2018

Patrice Gainsbourg
Outubro 6, 2017

Alemanha e Inglaterra garantiram bilhete para o Mundial de 2018. A equipe do técnico Joachim Löw venceu as suas nove partidas, marcou impressionantes 38 gols e sofreu apenas três.

A exemplo dos alemães, até um empate pode ser suficiente para os ingleses.

Outra força que pode carimbar nesta quinta-feira seu passaporte é a Inglaterra.

Com um gol do artilheiro Harry Kane nos acréscimos do segundo tempo, o English Team superou a Eslovênia por 1 a 0 e também se isolou na liderança do grupo F. A Seleção Norte Irlandesa está na segunda colocação no Grupo C, com 19 pontos conquistados, 5 pontos atrás da Alemanha. Enquanto isso, a Argentina segue a sua batalha para estar na Rússia depois de empatar em casa com o Peru e precisar vencer no último compromisso e ainda contar com tropeços dos rivais.

Obama chega hoje ao Brasil para palestra em São Paulo
O tema de sua palestra será "Mudar o mundo, sim, você pode", e os ingressos custam de R$ 2,5 mil a R$ 7,5 mil. Ele é a principal atração do Fórum Cidadão Global, promovido pelo jornal Valor Econômico e o Banco Santander.

Os ingleses somam 23 pontos, mais seis do que a Escócia, que hoje venceu na receção à Eslováquia, por 1-0, graças a um autogolo de Skrtel, também perto do final da partida, aos 89, depois de ter jogado praticamente 70 minutos em superioridade numérica, devido à expulsão do eslovaco Robert Mak, devido a uma simulação.

A segunda posição do agrupamento vai ficar definida no domingo, quando a Escócia visitar a Eslovénia e a Eslováquia receber a lanterna-vermelha Malta, que somou hoje os primeiros pontos na presente qualificação, ao empatar 1-1 na receção à Lituânia, próxima adversária da Inglaterra.

A Inglaterra também tem possibilidade de se garantir nesta quinta-feira. Os visitantes aplicaram 6 a 1 na equipe armênia e garantiram ao menos a vaga na repescagem das Eliminatórias Europeias. "Mas admito que ser capitão em Wembley será fantástico", disse. O rival terá que vencer e torcer por um tropeço da Dinamarca, que terá a Romênia em casa, na cidade de Copenhague, no mesmo dia.

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL