CaixaBank vai mudar sede para Valência e Gas Natural Fenosa para Madrid

Judith Bessette
Outubro 7, 2017

O El País, que não especifica as fontes que lhe transmitiram a informação, diz que o banco vai utilizar o decreto especial que permite às empresas mudarem a sede de forma rápida, sem que seja necessário convocar uma assembleia-geral de acionistas, por exemplo.

O Governo catalão considera que a decisão adotada hoje pelo Banco Sabadell de mudar a sede social para Alicante e a possibilidade do CaixaBank, que controla o BPI, avançar no mesmo sentido são acordos que, na prática, têm um impacto económico mínimo.

O Caixabank já tem sofrido - ainda que "de forma gerível" - alguma perda de depósitos, com alguns aforradores a temerem o risco de o banco deixar de ter sede numa jurisdição do Banco Central Europeu (BCE) e da União Europeia, que tem regras para a proteção de depósitos que podem ser colocadas em causa se o Caixabank deixar de pertencer a Espanha.

A transferência da sede social não resultará em nenhuma mudança na operação do grupo, que manterá seus serviços centrais em Barcelona, bem como o seu modelo em toda a Espanha.

Produção de veículos sobe 39% em setembro, diz Anfavea
No acumulado do ano, o Brasil fabricou 1.986.650 veículos, um crescimento de 27% em relação ao período janeiro-setembro de 2016. Esses funcionários estavam em algum tipo programa de flexibilização da produção, como lay off e Programa Seguro Emprego (PSE).

O CaixaBank é o terceiro maior banco espanhol.

O governo regional da Catalunha (Generalitat) anunciou na madrugada de segunda-feira que 90% dos catalães votaram a favor da independência no referendo de domingo, tendo exercido o direito de voto 42% dos 5,3 milhões de eleitores.

A consulta popular foi convocada pela Generalitat, dominada pelos separatistas, tendo o Estado espanhol, nomeadamente o Tribunal Constitucional, declarado que era ilegal.

O presidente do executivo catalão tinha previsto realizar uma intervenção no parlamento regional em que poderia declarar a independência da região, mas o Tribunal Constitucional espanhol proibiu essa apresentação, como medida cautelar, sendo ainda incerto o que vai acontecer.

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL