Inovação tecnológica: Governo Federal lança a Carteira Nacional de Habilitação Digital

Judith Bessette
Outubro 11, 2017

O evento contou com as presenças do ministro das Cidades, Bruno Araújo; do governador de Goiás, Marconi Perillo; do diretor do Denatran, Elmer Vicenzi; da diretora-presidente do Serpro, Glória Guimarães; do presidente do Detran-GO, Manoel Ferreira Filho e de parlamentares.

Ela vai valer tanto quanto a CNH física? Depois, a previsão é que seja cobrada uma taxa de R$ 10. A expectativa do Ministério das Cidades é que a CNH-e seja oferecida por todos os departamentos de Trânsito (Detrans) do país já no próximo ano. Em seguida, o documento passa a estar disponível off-line.

O Detran-AM informou, também, que por conta do grande volume de acesso ao site da instituição, o mesmo apresentou pane e precisou ser retirado do ar, na manhã desta segunda-feira, por volta das 9h. Neste caso, há duas opções: ou solicitar uma segunda via ou usar um certificado digital, o qual dispensa a ida ao Detran.

Por enquanto, a versão digital vale apenas para que o motorista possa ter mais uma forma de acesso ao documento de habilitação.

Diretas no PSD marcadas para 13 de janeiro
Caso os conselheiros nacionais optem por diretas a 13 de janeiro, o Congresso ficaria marcado para 16, 17 e 18 de fevereiro. Até ao dia 2 de janeiro está aberto prazo para entrega de candidaturas à liderança do partido e moções de estratégia global.

1 ano: carteira provisória (1ª habilitação). Nesta terça-feira serão explicados os detalhes do funcionamento da nova CNH eletrônica. No Piauí, o Detran-PI prevê a implantação da CNH Digital, a partir de fevereiro de 2018, conforme cronograma nacional estabelecido em resolução aprovada pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran).

As infrações de trânsito têm pesos que variam de 3 (leves) a 7 pontos (gravíssimas) na CNH, além de algumas com suspensão imediata.

A Carteira Nacional de Habilitação Eletrônica tem o mesmo valor jurídico da impressa e permite fácil validação por autoridades ou órgãos públicos por meio de um aplicativo. Já o custo da carteira virtual será definido pelo Detran de cada estado. O acesso ao aplicativo será por meio de um código de ativação, fornecido pelo Denatran, e de uma senha de quatro dígitos criada pelo portador do documento.

E se eu quiser a CNH impressa? "Ter uma identidade digital não significa que teremos uma identidade segura nem nossos dados devidamente protegidos sem uma lei que defina para quem reclamar em caso de vazamento dos dados, com quem fica a responsabilidade por sistemas mal construídos e como serão mitigadas as fraudes", alerta. Para quem olha, são fotos em alta resolução da CNH de papel mostradas na tela do smartphone.

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL