Petrobras anuncia aumento de 12,9% no preço do gás de cozinha

Patrice Gainsbourg
Outubro 11, 2017

Atualmente, a média do preço da botija de gás de cozinha de 13 quilos na capital amazonense fica entre R$ 61,50 e R$ 64 nas duas maiores empresas que vendem o produto.

No comunicado enviado à imprensa, a Petrobras justificou a revisão em decorrência da "variação das cotações do produto no mercado internacional". "Isso dependerá de repasses feitos especialmente por distribuidoras e revendedores".

A Associação Brasileira dos Revendedores de Gás Liquefeito informou ainda que a carga tributária, além de alta, hoje passando dos R$ 10,00 em alguns Estados, gera desconforto jurídico. Segundo, vai afetar as pessoas que fazem refeição fora de casa, já que o preço da refeição vai aumentar também.

PF faz operações contra tráfico internacional de drogas
A Operação Contentor foi iniciada pela Polícia Federal em Joinville no final do ano passado. Os carregamentos da droga partiam do Complexo Portuário Itajaí Navegantes.

A Petrobras anunciou um novo reajuste para os combustíveis, com aumento de 1,50 % no preço da gasolina nas refinarias e queda de 1,30% no preço do diesel. Se for integralmente repassado aos preços ao consumidor, a companhia estima que o preço do botijão de GLP P-13 pode ser reajustado, em média, em 5,1% ou cerca de R$ 3,09 por botijão, se forem mantidas as margens de distribuição e de revenda e as alíquotas de tributos.

Prepare o bolso. Em apenas duas semanas, o gás liquefeito de petróleo (GLP) sofre segundo aumento. O reajuste entrará em vigor a partir desta quarta-feira (11).

Segundo a entidade, em nota, a correção aplicada não repassa integralmente a variação de preços do mercado internacional.

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL