Palmeiras negocia com Tinga, braço direito de Mano Menezes no Cruzeiro

Vincent De Villiers
Outubro 15, 2017

Ele deu lugar a Mano, que, à época, curiosamente, deixou justamente o Cruzeiro, depois de três meses de trabalho.

- Foi dado um regime de urgência para isso (renovação) sem necessidade. As outras todas têm seu tempo e não tem pressa para ninguém - completou.

Pouco antes do churrasco e ainda sem saber da queda de Cuca no Palmeiras, Mano concedeu uma entrevista coletiva e pouco falou de seu interesse em renovar ou não contrato com o clube mineiro.

Cuca deixa comando do Palmeiras, que prioriza Mano Menezes para 2018
É consenso no Palmeiras que apostar em um jovem treinador, como fez com Eduardo Baptista no início da temporada, está descartado. De acordo com o site do clube, a decisão foi tomada em comum acordo pelo "encerramento deste ciclo do profissional no Verdão".

"Preparamos uma proposta importante e interessante para o Mano e a sua comissão técnica". Apesar disso, o clube campeão da Copa do Brasil - e, por conta disso, sem grandes responsabilidades no Campeonato Brasileiro - treinou na manhã deste sábado, na Toca da Raposa II, e teve uma novidade. Isso são coisas que se decidem no local certo. Minha preferência é sentar com o Cruzeiro e conversar com o Cruzeiro sobre as coisas que temos que conversar. Quem tem experiência sabe como a banda toca. "Pode ter certeza que a gente vai tentar continuar com ele", comentou. É que o funcionário alviverde tem há meses um convite da CBF. Bruno Vicintin, vice de futebol e figura de confiança do treinador, já entregou o cargo; Tinga, gerente de futebol, também deixará a Toca da Raposa no fim desta temporada. O técnico do Cruzeiro é o favorito da diretoria, desde que não renove com seu clube atual o contrato que vai até o fim do ano. Daí a possibilidade de assumir o Palmeiras na vaga de Cuca. Temos que aproveitar o momento e comemorar a Copa do Brasil, o momento que a equipe passa no Campeonato Brasileiro, nas primeiras colocações, comemorar o profissionalismo dos jogadores, que mesmo após a conquista, se comprometem a cada jogo -.

Na segunda-feira, Mano se reunirá com a nova diretoria do Cruzeiro, empossada recentemente, para discutir seu futuro.

Horas depois do empate por 2 a 2 com o Bahia - partida em que o time chegou a estar vencendo por dois gols de diferença -, a diretoria palmeirense comunicou a saída de Cuca, que se despediu com um breve pronunciamento na Academia de Futebol (veja no vídeo abaixo). As respostas para tais questionamentos devem ser dadas apenas na semana que vem.

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL