Goleiro morre após se chocar com companheiro de time na Ásia

Vincent De Villiers
Outubro 16, 2017

Goleiro Choirul Huda, do Persela Lamongan, sofreu uma parada cardíaca e morreu.

A partida, transmitida ao vivo pela "TV One", foi interrompida em função da queda dos dois esportistas. Os paramédicos correram para colocá-lo em uma maca e levá-lo ao hospital.

Huda chegou a levantar a cabeça, mas logo levou as mãos à boca e deitou no gramado. A caminho da unidade de saúde, ele desmaiou e a situação ficou crítica. O jogador de 38 anos faleceu às 8h (de Brasília), 17h, hora local da Indonésia.

Em comum acordo, Cuca deixa o comando do Palmeiras
O auxiliar Alberto Valentim comandará a equipe de forma interina contra o Atlético Goianiense , no próximo domingo, fora de casa. Em decisão tomada em comum acordo na tarde desta sexta-feira, o comandante não vai continuar seu trabalho até o fim do ano.

O lance aconteceu nos acréscimos da etapa inicial, quando o goleiro foi cortar um cruzamento e bateu cabeça, pescoço e peito contra o brasileiro Ramon.

"Choirul Huda sofreu uma colisão traumática com seu companheiro, resultado no que nós chamamos de parada cardiorrespiratória", explicou o médico Yudistiro Andri Nugroho.

O presidente do clube, Aji Santoso, confirmou a morte de Huda após o encontro, lamentando não terem conseguido salvar o guardião. O Persela Lamongan decretou luto e homenageou o jogador no Twitter. Choirul Huda era muito popular entre os torcedores do Persela, time que defendia desde 1999.

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL