Novo Banco já é do fundo Lone Star — Acordo assinado

Judith Bessette
Outubro 18, 2017

Para além de Ramalho, o conselho de administração executivo do Novo Banco deverá continuar a integrar Vítor Fernandes, Jorge Cardoso, Isabel Ferreira, Luísa Soares da Silva, Rui Fontes e José Eduardo Bettencourt - na prática, a equipa de gestão do atual presidente executivo.

"O NOVO BANCO, S.A. informa sobre a realização hoje 16 de Outubro de 2017 da Assembleia Geral do Banco que deliberou a eliminação do valor nominal das acções do Novo Banco, passando o capital social deste a ser representado por acções sem valor nominal e deliberou um aumento de capital do Novo Banco, no valor de 750 milhões de euros, de 4900 milhões euros para 5650 milhões de euros, mediante novas entradas em dinheiro a realizar nos próximos dias", refere o comunicado da instituição liderada por António Ramalho, publicado ontem no site da Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

Este organismo de fiscalização da gestão deverá ter um total de seis elementos, mas para já apenas deverão ser eleitos cinco.

Avião do Greenpeace cai na região de Anavilhanas; uma pessoa morre
De acordo com a ONG, os esforços estão concentrados em colaborar com os órgãos competentes que estão investigando o fato. O organização não governamental (ONG) informou que cinco pessoas estavam a bordo e que uma delas morreu.

O contrato de venda de 75% do Novo Banco à Lone Star foi assinado pelo representante do Fundo de Resolução (até agora único acionista do Novo Banco), Máximo dos Santos, o governador do Banco de Portugal, Carlos Costa, e o diretor-geral da Lone Star, Donald Quintin.

O Fundo de Resolução mantém uma participação de 25% no Novo Banco.

Descarregue a nossa App gratuita.

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL