Flamengo recorre ao STF contra decisão que declarou Sport campeão de 1987

Vincent De Villiers
Outubro 20, 2017

O Flamengo reforçou que a CBF unificou títulos de campeonatos nacionais realizados antes de 1971 para considerar seus vencedores também campeões brasileiros.

O Flamengo apresentou recurso contra decisão da Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) que confirmou o Sport como único campeão brasileiro de 1987. Na ação, o Flamengo faz referência a vários campeonatos que tiveram mais de um campeão. O Rubro-Negro carioca quer a divisão da conquista daquele ano com o Sport.

O tipo de recurso apresentado pelo clube flamenguista é chamado de 'embargos de declaração e é usado quando algum ponto da decisão não fica bem esclarecido.

JBS suspende abates no Mato Grosso do Sul
Preocupados com seus salários e seus empregos, os trabalhadores pediram apoio dos parlamentares para manutenção dos postos de trabalho da empresa no Estado.

Vale destacar que o clube pernambucano foi declarado como o único campeão do Brasileirão de 87.

Por 3 votos a 1, a maioria da Primeira Turma do STF entendeu que a primeira decisão proferida pela Justiça de Pernambuco, que deu o título ao Sport, transitou em julgado e não poderia ser modificada.

Relator do processo, o ministro Marco Aurélio Mello já havia dado parecer contrário ao Flamengo. O caso estava parado desde agosto de 2016, quando o ministro Luís Roberto Barroso pediu vistas ao processo e suspendeu o julgamento. Argumentou que a declaração tardia da CBF não tinha validade, porque o Judiciário já tinha definido a questão antes da segunda decisão da entidade desportiva. Mas os ministros Alexandre de Moraes e Rosa Weber concordaram com o relator. Rodrigo Fux, seu filho, foi o advogado do Flamengo na ação.

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL