Red Bull anuncia renovação do contrato de Verstappen até 2020

Vincent De Villiers
Outubro 21, 2017

O piloto, de 20 anos, atualmente em sexto no Mundial de pilotos, tinha contrato até 2018, mas tinha dado a entender que poderia deixar a atual equipa, por causa dos resultados menos bons e dos problemas com o motor.

"A Red Bull está encantada em anunciar que Max Verstappen, que teve uma estreia de sonho em 2016, conquistando seu primeiro GP, concordou com uma extensão do contrato que o manterá no time por mais três anos", afirmou o comunicado.

"A Red Bull sempre mostrou confiança em mim com ações: convidou-me para seu programa de desenvolvimento quando eu tinha 16 anos e depois proporcionou-me começar na F1 quando eu tinha 17". No ano seguinte, substituiu Daniil Kvyat na Red Bull e em sua primeira corrida com a nova equipe, no GP da Espanha, em Barcelona, acabou vencendo, entrando para a história como o piloto mais jovem a vencer um Grande Prêmio de Fórmula 1.

Tite afirma que Brasileirão não pesou para convocação de amistosos
A Canarinho tem confronto marcado contraJapão e Inglaterra em amistosos nos dias 10 e 14 de novembro, respectivamente. Entre os jogadores de frente, o Firmino também faz jogador de lado.

Os momentos de Verstappen pela Red Bull, porém, não tem sido só de alegrias, especialmente em 2017.

"Eles sempre me apoiaram e apoiaram a minha ambição, e eu sei que compartilhamos da mesma ambição". O apoio deles, desde os caras e garotas da fábrica até a equipe na garagem, independentemente do que se desenrola na pista, sempre foi de 100%. "Estou encantado de estar comprometido com eles e ansioso para trabalhar juntos para desfrutar de mais sucesso nos próximos anos".

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL