Incêndio na Chapada dos Veadeiros está sem controle

Rebecca Barbier
Outubro 24, 2017

Uma equipe composta por mais de 150 pessoas de diferentes instituições está trabalhando, dia e noite, para controlar um incêndio que ocorre na Chapada dos Veadeiros, em Goiás, desde a última terça-feira, 17. O fogo atravessou a rodovia GO-239, que liga Alto Paraíso a São Jorge, provocando problemas de visibilidade e colocando a vida dos motoristas em risco. O fogo, que ainda não foi totalmente controlado, já destruiu mais de 31 mil hectares na região, de acordo com estimativa da DMIF (Divisão de Monitoramento de Incêndios Florestais).

A administração do parque estima que mais de 35 mil hectares, o que corresponde a 14,6% da área total, foram destruídos pelas chamas. Neste fim de semana, o combate foi reforçado com a chegada de mais brigadistas do Parque Nacional do Itatiaia (RJ), do Grupo Ambiental do Torto (GAT), da Estação Ecológica da Serra Geral (TO), bombeiros de Goiás e do Distrito Federal e por mais uma aeronave. Na prática, isso significa que todas as secretarias da cidade podem deslocar seus recursos para o combate ao fogo, sob a coordenação da Defesa Civil local.

Uma das principais preocupações dos bombeiros e brigadistas é impedir que o fogo siga se alastrando até o Jardim de Maytreia, importante ponto turístico da região, e as estruturas administrativas e alojamentos do Parque Nacional, visto que as queimadas chegaram, inclusive, até algumas propriedades privadas.

Após vitória, Abe promete focar Coreia do Norte e envelhecimento da população
Uma vitória eleitoral aumentaria as chances da Abe de ganhar outro mandato de três anos em setembro próximo como líder do Partido Liberal Democrata.

Sem sinal de chuva, as condições climáticas estão desfavoráveis para o combate, com vento forte, temperatura de 37 graus Celsius e sensação térmica de 41 graus, o que contribui ainda mais para a expansão das chamas.

Satélites utilizados pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) detectaram mais de 300 focos de calor sobre o Parque Nacional, a maioria no sul da área de preservação. O limite de visitação diária do parque é de 500 pessoas.

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL