CNH com mais de 20 pontos será suspensa por seis meses

Patrice Gainsbourg
Outubro 31, 2017

Motoristas que acumularem 20 pontos ou mais na CNH estarão sujeitos a uma suspensão do documento por no mínimo seis meses, segundo o Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran-SP). Antes, a suspensão era de no mínimo um mês. A lei federal 13.281, aprovada em novembro de 2016, alterou o Código de Trãnsito Brasileiro (CTB), aumentando os prazos de suspensão do documento. O condutor reincidente agora passará a receber uma punição de oito meses. Atualmente, nesses casos, é de seis meses. O tempo máximo continua a ser de doze meses.

A punição vale para motoristas que atingem 20 pontos em multas no intervalo de 12 meses. O prazo total é estipulado de acordo com o histórico do cidadão e da gravidade das infrações que constam em seu prontuário.

O prazo para motoristas que estourarem os 20 pontos mais de uma vez no ano também vai aumentar. Sendo assim, o mesmo será notificado inicialmente pelo Detran em relação à abertura de um processo, podendo o envolvido recorrer e apresentar uma defesa em diversas instâncias, conforme é garantido pela própria legislação federal. O motorista é punido a partir da primeira infração pontuada na CNH. O endereço eletrônico do portal é o www.detran.sp.gov.br.

"Vão sair daqui sem nada" — Bruno Fernandes
Estes dois últimos são baixas confirmadas para o jogo de hoje e muito provavelmente para os bracarenses. Claro que também têm jogadores de grande qualidade que também podem fazer a diferença", concluiu".

Se a suspensão for decretada, o condutor recebe outra notificação para comparecer à unidade do Detran e entregar a habilitação. A partir daí, terá início o cumprimento da pena, estando o motorista completamente impedido de dirigir.

Para os que tiveram a sua habilitação cassada, todavia, além da reciclagem citada, esses precisarão ainda fazer outros testes. Quem tem a habilitação cassada, além da reciclagem, tem de refazer os exames médico, psicotécnico, teórico e prático de direção veicular.

Segundo o Detran do Rio de Janeiro, a medida está em vigor no estado desde o mês de abril último. No mesmo período de 2016, foram 377.341.

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL