Trump indica Jerome Powell para comandar Federal Reserve

Judith Bessette
Novembro 2, 2017

O anúncio ocorreu no Rose Garden, da Casa Branca.

A escolha já era vista como muito provável nos primeiros dias desta semana.

Quem é Jay Powell, o escolhido de Trump para mandar no dólar? Em sua fala, Trump afirmou que espera ver o nome aprovado rapidamente. A Reserva Federal terá de gerir, num cenário de luta política acesa e com um presidente bastante interventivo, um cenário em que a retoma é mais lenta do que o esperado, pedindo a continuação dos estímulos monetários, mas em que ao mesmo tempo se pode assistir a uma redução de impostos (proposta também esta quinta-feira pelo Partido Republicano), acompanhada por uma continuação da escalada dos preços nos mercados financeiros, o que aconselha uma política monetária menos expansionista.

Ao contrário do que tem sido tradição, não se trata de um economista - Powell tem um passado maioritariamente ligado à banca de investimento, com algumas passagens por organismos públicos na governação de George W. Bush.

Ao lado de Trump, Powell fez um rápido discurso, onde ressaltou que está comprometido em assegurar as metas do Congresso para emprego e inflação, além de dizer que trabalhará com os outros dirigentes do Fed para que o banco central "esteja preparado para enfrentar qualquer situação adiante". Concordou, por exemplo, com a manutenção dos juros baixos em setembro de 2016, poucos meses antes da eleição e numa altura em que alguns analistas admitiam que os dados económicos mais recentes recomendavam uma subida dos juros. O anúncio foi feito nesta tarde pelo presidente dos EUA, Donald Trump. Janet Yellen tinha sido nomeada por Barack Obama, sendo a primeira mulher a ocupar o cargo.

Cesta básica em Salvador é a mais barata do Brasil, diz pesquisa
Em sentido oposto, os valores mais baixos foram encontrados em Salvador (R$ 318,31), Natal (R$ 325,09) e Recife (R$ 325,96). Foram constatados avanços em 10 localidades com destaque para Campo Grande (2,67%), Curitiba (3,08%) e Cuiabá (3,49%).

A expectativa nos mercados em relação a Jerome Powell é a de que venha a manter, ao nível da política monetária, um rumo bastante semelhante ao seguido por Yellen.

Transição. A atual presidente do Federal Reserve, Janet Yellen, divulgou uma nota no site da instituição na qual parabeniza seu colega, Jerome Powell, atual diretor da instituição, pela indicação ao comando do banco central dos EUA a partir de 2018.

"Há razões para temer que [a escolha do] Sr".

O que é certo é que, à sua frente, Jerome Powell irá ter uma tarefa complexa, cheia de dilemas difíceis de resolver.

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL