Arquivo sobre Bin Laden é revelado

Patrice Gainsbourg
Novembro 3, 2017

O Irã denunciou nesta sexta-feira "as informações falsas da CIA" sobre supostas relações entre as autoridades iranianas e a rede Al-Qaeda após a publicação dos arquivos de Osama Bin Laden, apreendidos em 2011 no Paquistão durante a operação militar que matou o líder terrorista.

Na quarta-feira, a CIA divulgou 470.000 arquivos que foram encontrados nos computadores de Bin Laden. A biblioteca virtual pode ser acessada diretamente no site da Cia. Segundo a agência, os documentos revelam as origens das fissuras existentes hoje entre as organizações terroristas Al Qaeda e Estado Islâmico, bem como as discordâncias estratégicas, religiosas e doutrinárias entre os próprios membros do grupo afegão.

Aloysio admite ter pedido dinheiro à Odebrecht no Palácio dos Bandeirantes
A justificativa é que, como Aloysio Nunes e Jose Serra têm mais de 70 anos, o tempo de prescrição do crime cai pela metade. Ele também alega ter feito duas entregas para um representante do atual ministro das Relações Exteriores.

Bin Laden ainda tinha em seus arquivos filmes de Hollywood como Carros, Os Novos Vingadores: Heróis do Amanhã, O Galinho Chicken Little e Resident Evil. A divulgação mais recente colocou o seu rosto no World Trade Center, alvo dos ataques de 11 de Setembro de 2001. Os documentos antigos também estão disponíveis para acesso do público.

Em 2 de maio de 2011, oficiais da divisão especial Navy SEAL mataram Bin Laden em uma casa na cidade paquistanesa de Abbottabad.

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL