Arrascaeta marca golaço e Cruzeiro vence o Atlético-PR — Brasileirão

Vincent De Villiers
Novembro 6, 2017

Campeão da Copa do Brasil e já classificado à Libertadores da América de 2018, o Cruzeiro não precisou de muito esforço para bater o Atlético-PR neste domingo (5), no Mineirão. A primeira chance veio aos 20, com Ribamar, que bateu cruzado e a bola saiu por pouco. Jogaço Se antes de a bola rolar para Corinthians e Palmeiras, o discurso adotado pelos jogadores do Verdão era o de "focar no G-4", depois do eletrizante Dérbi disputado no Itaquerão o que poderia ser apenas jogo de cena se transformou em realidade.Com Clayson e Camacho nos lugares de Jadson e Maycon, o Corinthians voltou a apresentar o futebol que o manteve na liderança desde a quinta rodada do Brasileirão e não deu chances para o guerreiro Palmeiras: 3 a 2 e fim de uma sequência de quatro partidas sem vitória. Aos vinte e cinco minutos, Guilherme quase marcou um gol olímpico e, no rebote, Lucho completou, mas o zagueiro Manoel salvou praticamente em cima de linha. Depois do cruzamento de Thiago Neves e de Paulo André afastar mal, Robinho, livre, chutou por cima. O Cruzeiro teve leve superioridade no primeiro tempo e aproveitou dela para conseguir seu gol. O meia recebeu lançamento de Robinho, aos 40 minutos, pela esquerda do ataque. O Furacão acordou no jogo e, já nos acréscimos, Sidcley fez boa jogada pela esquerda e cruzou para Ribamar, que tentou de bicicleta, mas Fábio fez a defesa. Após escanteio, ele pegou sobra fora da área e encheu o pé exigindo grande defesa de Weverton.

Conforme o tempo passou, o clube mineiro diminuiu o ritmo e passou a administrar o jogo.

Aos poucos o Furacão foi conseguindo chegar no ataque, o que deixou o duelo mais aberto.

Comitê anticorrupção saudita decreta prisão de 11 príncipes e 4 ministros
Dezenas de príncipes , ministros - atuais e antigos - e homens de negócios foram detidos na Arábia Saudita durante uma operação anticorrupção, na noite de sábado.

O técnico Fabiano Soares tem dois desfalques certos para a partida. Sua vaga será ocupada por Lucas Silva. Mano Menezes colocou uma formação sem homem fixo, parte disso pela falta de atletas da posição, pois todos estão entregues ao departamento médico. Depois, o rubro-negro teve boa presença no ataque, mas sem chances iminentes de gol e amargou mais uma partida sem vencer. Sem poder de reação, o time visitante pouco assustou o goleiro Fábio.

Weverton; Jonathan, Wanderson, Paulo André, Fabrício, Pavez (Ederson), Lucho González (Matheus Rossetto), Guilherme, Sidcley e Lucas Fernandes (Pablo); Ribamar.

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL