Com gol de Hernanes, São Paulo bate Atlético-GO no Serra Dourada

Vincent De Villiers
Novembro 6, 2017

Gol: Hernanes, aos 21 do 1º tempo. O gol do jogo foi marcado pelo meio-campista Hernanes. Na época, o treinador era Juan Carlos Osório, que depois deixou o Tricolor para dirigir a seleção mexicana.

Com o resultado, o Tricolor chega aos 43 pontos e pode terminar a rodada na nona colocação, com a possibilidade de começar a sonha por uma vaga na Libertadores, na visão dos mais otimistas. Caso Flamengo e Grêmio vençam a Sul-Americana e Libertadores, respectivamente, seriam abertas mais duas vagas na principal competição continental via Brasileiro. Lanterna, o Atlético-GO segue com 27 pontos, a sete de distância do Vitória, que ainda joga nesta rodada, contra o Vasco.

Pratto cometeu pênalti? Arbitragem acertou? Os três pontos vieram com gol de peito de Hernanes no primeiro tempo, em jogada que começou com contra-ataque puxado por Cueva.

SÃO PAULO - Sidão; Araruna (Aderllan), Rodrigo Caio, Arboleda e Edimar; Jucilei, Hernanes, Petros e Cueva (Shaylon); Marcos Guilherme e Lucas Pratto (Gilberto). Faltou apenas um capricho a mais para o time ir ao intervalo com uma vantagem ainda maior. A dupla chegou com certa facilidade até a área adversária.

Após barrar David Luiz, Antonio Conte é questionado na Inglaterra
Antes do jogo, o treinador foi inflexível, ao afirmar não haver problema com o zagueiro. "Eu não sei (se ele tem futuro no clube). Apesar do resultado, o clima entre David Luiz e o técnico Antonio Conte não é nada bom.

No segundo tempo, o São Paulo mostrou que não iria se limitar a administrar a vantagem construída e, logo no primeiro minuto, esteve muito próximo de ampliar o marcador. A primeira é a entrada de Breno Lopes na lateral esquerda, em lugar de Bruno Pacheco, que lesionou o ombro. Já aos seis minutos, foi a vez de o Atlético-GO responder.

Após os primeiros minutos, o São Paulo passou a ter mais dificuldades para emplacar boas jogadas. Com isso, o Atlético-GO, aos poucos, foi se abrindo mais em busca do empate. Aos 16 minutos, Walter recebeu lançamento e, nas costas da defesa, finalizou livre, mandando a bola por cima da meta defendida por Sidão. "A verdade é que foi uma grande assistência do Pratto, porque a bola veio na altura certa, na força certa, só coloquei o peito". Cometendo mais erros do que na etapa inicial, a equipe de Dorival Jr deu bastante liberdade aos donos da casa ao diminuir o ritmo, mas ainda assim acabou garantindo mais três pontos nesta importante retomada no Campeonato Brasileiro.

ATLÉTICO-GO: Marcos; Marcão Silva, William Alves, Gilvan e Breno Lopes; André Castro e Paulinho; Andrigo, Igor e Luiz Fernando; Walter.

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL