PCdoB anuncia pré-candidatura de Manuela D'Ávila à Presidência

Oceane Deschanel
Novembro 6, 2017

Aliado histórico do PT na disputa pela Presidência da República desde a redemocratização do país, o Partido Comunista do Brasil (PCdoB) terá candidato próprio ano que vem.

Com a decisão, a esquerda possui agora ao menos quatro candidatos já lançados: além de Manuela, são pré-candidatos o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e o ex-ministro Ciro Gomes (PDT).

Manuela D'Ávila é deputada estadual e foi deputada federal por duas vezes, tendo sido líder da bancada do partido na Câmara Federal.

Fluminense conquista grande virada sobre o Botafogo e respira contra a degola
Quando o jogo ia se encaminhando para o final, Matheus Alessandro recebeu de Gustavo Scarpa e decretou a virada tricolor: 2 a 1. Pelo contrário, se o Fluminense seguir o retrospecto do Botafogo , a tendência é que saia de campo com os três pontos.

Além disso, ela também concorreu à prefeitura de Porto Alegre duas vezes, em 2008 e 2012. A deputada, porém, ainda não se manifestou sobre a pré-candidatura.

Atualmente, Manuela que é jornalista, ocupa cadeira na Assembleia do Rio Grande do Sul, como deputada estadual.

Segundo o comunicado do PCdoB, a candidatura do partido deve ter como valores centrais "a retomada do crescimento econômico e da industrialização; a defesa e ampliação dos direitos do povo, tão atacados pelo atual governo; a reforma do Estado, de forma a torna-lo mais democrático e capaz de induzir o desenvolvimento com distribuição de renda e valorização do trabalho". Em 2004, com 23 anos, foi eleita a mais jovem vereadora de Porto Alegre. Mesmo sendo um grande aliado do PT, a presidente Luciana Santos explicou que a pré-candidatura de Manuela não compromete "a aliança política que possa haver com o PT lá na frente".

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL