Disney negocia compra de parte da Fox

Rebecca Barbier
Novembro 8, 2017

Com o peso de empresas como Google, Apple, Facebook e Netflix, ela não teria o cacife necessário para se sustentar no meio, algo que aparentemente sobra para a Disney.

Embora as tratativas já ocorram há algumas semanas, não há informação concreta se o acordo realmente será firmado.

A compra de boa parte da Fox pela Disney, no entanto, enfrentaria resistência de órgãos reguladores, visto que são dois grandes grupos de comunicação.

Para a Disney, porém, a jogada seria genial em vários sentidos. Vale lembrar que a empresa deve lançar o seu próprio serviço de streaming em breve, plataforma que receberia o reforço das produções de cinema e de televisão da Fox. O site afirma ainda que a Disney estava interessada em adquirir canais como FX e National Geographic, mas não mexeria com a Fox News e a programação voltada para esportes.

França. Detidos suspeitos de prepararem atentado em Nice
Os detidos são todos homens entre os 18 e os 65 anos, entre eles dois pares de irmãos. A decisão foi detê-los para comprovar se estão ou não envolvidos numa operação.

Caso a compra seja confirmada, as franquias "X-Men" e "Quarteto Fantástico" poderiam integrar o Universo Cinematográfico da Marvel. Esse ponto é especialmente interessante para os fãs de quadrinhos e de suas adaptações para cinema e televisão. As da Disney fecharam o dia com alta de 2%.

Para a Fox, o desejo de vender parte de sua empresa para a Disney vem de uma crescente crença entre a direção de que o crescimento na mídia é de importância imediata, e que um crescimento na área de entretenimento na mesma medida só é possível através de aquisição de outras empresas.

Comercialmente falando, o negócio aumentaria ainda mais a concentração de mercado por parte da Disney.

Contudo, salvo se houver alguma reviravolta, isso não deve acontecer tão cedo.

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL