Uber faz parceria com a NASA para disponibilizar veículos voadores

Patrice Gainsbourg
Novembro 8, 2017

O Uber anunciou, nesta quarta-feira (8), um acordo com a Nasa para desenvolver sistemas de controle de tráfego aéreo para táxis aéreos. Este acordo espacial "abre o caminho para que a Uber colabore com a NASA no desenvolvimento da próxima geração de tecnologia de gestão de espaço aéreo".

Os testes do UberAir serão realizados, primeiramente, em Los Angeles devido ao seu trânsito caótico. "A nossa meta é que venha a ser mais barato do que uma pessoa guiar o seu próprio carro". O anúncio foi feito pelo diretor de produtos da companhia, Jeff Holden, no palco da conferência Web Summit, em Lisboa. Autênticos "táxis voadores". O Volocopter, que é um drone elétrico e autónomo que transporta passageiros e mercadorias, já foi, por exemplo, testado no Dubai.

O executivo também anunciou uma parceria com a Nasa para estudar a gestão do espaço aéreo. "A união de conhecimento de software do Uber e a experiência de engenharia da Nasa na questão aérea para enfrentar esse cenário representa um passo fundamental para o desenvolvimento do Uber Elevate", destacou Holden.

Qualidade das rodovias piora em 2017, aponta CNT
Em 2017, 38,2% das rodovias foram consideradas em bom ou ótimo estado, enquanto um ano atrás esse percentual era de 41,8%. Esse valor é superior ao investimento feito em rodovias no ano passado, que foi de R$ 8,61 bilhões.

Também a Airbus apresentou recentemente um projeto de um veículo que tanto pode ser um carro, que circula pela estrada, como um drone, que voa. "Tirar pessoas das estradas e a colocá-las nestes veículos aéreos autónomos vai ajudar a salvar vidas". Todos os intervenientes concordaram que a utilização deste tipo de veículos será uma realidade a breve prazo, mas apenas numa ótica de serviço de mobilidade que é prestado por uma entidade.

O Ato Nacional de Aeronáutica e Espaço dos Estados Unidos (National Aeronautics and Space Act) confere à NASA a autoridade exclusiva para assinar acordos SAA com diferentes parceiros para promover a sua missão e a prossecução dos objetivos, permitindo que os parceiros possam trocar informações e trabalhar em conjunto para com objetivos específicos.

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL