Candidato 'surta' e foge com Enem nas mãos antes da hora permitida

Oceane Deschanel
Novembro 9, 2017

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) alerta os candidatos que se organizem para não chegar atrasado no dia da prova. Ela aprova a mudança nos dias de aplicação do exame. O Enem 2017 estreou a prova personalizada e o uso de detectores de ponto eletrônico, e teve a maior cobertura de detectores de metal desde que o recurso começou a ser usado: 100 participantes por detector.

O tema da Redação do Enem 2017 vai ao encontro da acessibilidade da própria prova do Enem. "Ajuda a manter a calma". O tema da redação foi Desafios para Formação Educacional de Surdos no Brasil. Não serão aceitas cópias, nem mesmo as autenticadas. Pode usar passaporte, RG, Certificado de Reservista, Carteira Nacional de Habilitação (CNH), Certificado Dispensa de Incorporação, Carteira de Trabalho e Previdência Social e identidade para estrangeiros expedida pelo Ministério da Justiça. Se alguém tiver perdido ou teve o documento roubado, deve apresentar o boletim de ocorrência. No outro, vão ser realizadas as provas de matemática e ciências da natureza, com 4 horas e 30 minutos de duração.

Outras dicas válidas são: organizar todo material com antecedência e sair de casa sempre com tempo para evitar atrasos e nervosismo; levar água e um lanche, como chocolate, para fazer uma parada de relaxamento durante a prova; pular as questões difíceis é uma tática, assim, uma questão mais fácil é garantida, e as outras podem ser resolvida após, sem sustos ou nervosismo; é indicado fazer um rascunho da redação já no início da prova, antes mesmo das questões. No próximo domingo (12), os Correios serão, mais uma vez, responsáveis pela operação. No ano passado, a abstenção dos candidatos inscritos no Enem foi de 30%.

Trump diz que "tudo será consertado" com a Coreia do Norte
Tem de se resolver", disse Trump em Camp Humphreys, onde se deslocou para almoçar com as tropas norte-americanas. O périplo termina nas Filipinas.

Próximo domingo será realizado o segundo dia de provas do Enem e o número de abstenção deve ficar ainda maior.

Na prática, a decisão de Cármen Lúcia mantém decisão do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1) do último dia 25 que proíbe anular a redação contrária aos direitos humanos e permite somente o desconto de no máximo 200 pontos (de um total de 1.000).

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL