Sport enfrenta Botafogo nesta quarta-feira (08), na Ilha do Retiro

Oceane Deschanel
Novembro 9, 2017

Já o Sport, que permaneceu com os 36 pontos, caiu para a 17ª colocação a primeira dentro do Z4, sendo ultrapassado pelo Vitória, que venceu o Palmeiras.

INCIDENCIAS: Partida válida pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro entre Sport Recife e Botafogo na Ilha do Retiro. O time volta a campo no sábado, quando receberá o Atlético-PR, no Nilton Santos.

A fase do Sport não é a boa e a torcida parece não aguentar mais.

O primeiro gol da noite aconteceu aos 18 minutos da etapa inicial e saiu em um erro do goleiro Magrão, do Sport. Primeiro, aos 26 minutos, com Bruno Silva e Brenner. O gol acordou o Glorioso e, de quebra, amansou o Leão.

Maria Vitória se choca ao receber cinzas — Tempo de Amar
Logo depois, Lucinda então a enganará e fará com que a jovem desmaie nos braços de Vicente: "São as cinzas, Maria Vitória". Em Morros Verdes, Martim (Erik Marmo) e Padilha aceitam a oferta de José Augusto (Tony Ramos) para ficar com Mariana.

Apenas quatro minutos mais tarde, Marcos Vinícius ampliou. Foi o quinto gol dele no ano, todos pelo Brasileirão e pelo segundo jogo consecutivo.

A segunda parte do jogo começou com uma alteração do lado do Botafogo, com a entrada de Matheus Fernandes no lugar de Rodrigo Lindoso. O time perdeu em poder de marcação e o Sport cresceu e se não fossem duas boas defesas de Gatito, o estrago poderia ser maior.

Jair Ventura poderá contar novamente com João Paulo, que cumpriu suspensão na última partida. No fim, André coloca emoção em jogo sonolento Raros foram os momentos de levantar o torcedor do sofá, como por exemplo, aos 17. Marcos Vinícius lançou Guilherme e Pimpão. Pouco depois, Patrick foi à linha de fundo, mas Igor Rabello, com exibição de gala, tirou. Os gols alvinegros saíram de jogadas mais individuais do que do grupo e, no fim do jogo, um time cansado, travado no gramado da Ilha do Retiro, quase deixou a vitória escapar. Eram, mas aos 41 o Sport, com André, deu emoção à reta final: após bate e rebate na área, a bola sobrou para o atacante, que cara a cara com o goleiro, não vacilou: 2 a 1.

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL