Croácia goleia Grécia pela repescagem europeia; Suíça vence

Patrice Gainsbourg
Novembro 10, 2017

A seleção da Croácia impôs seu favoritismo diante da Grécia, goleando por 4 a 1 em casa, nesta quinta-feira (9) na partida de ida da repescagem europeia, e se aproximou da Copa do Mundo da Rússia-2018, assim como a Suíça, que venceu a Irlanda do Norte (1 a 0).

A partida de volta entre croatas e gregos está marcada para o próximo domingo (12), às 17h45 (de Brasília), no estádio Georgios Karaiskakis, em Atenas. Na lateral esquerda, Strinic recebeu passe e arrancou com a bola.

A Croácia adiantou-se em casa logo aos 13 minutos, depois de uma falha do guarda-redes Karnezis, que não dominou bem um atraso de um companheiro e, depois, derrubou Kalinic, oferecendo um penálti que Modric não desperdiçou. Zagueiro do Borussia Dortmund, Sokratis venceu disputa pelo alto após cobrança de escanteio e cabeceou com qualidade, em direção ao gol. Vrsaljko cruzou da direita na medida para Perisic marcar de cabeça e fazer 3 a 1.

A Croácia não se intimidou com o gol sofrido e logo marcou o terceiro.

Mundial 2018 recupera "velhinha" Telstar — OFICIAL
E a pelota é uma velha conhecida já que ela é baseada nas mesmas que foram utilizadas em 1970, no México, e em 1974, na Alemanha. E o que eu gosto mais é a cor dela, preta e branca. "É um uma bola legal, vamos ver durante a Copa", declarou Podolski.

O segundo tempo começou e a Croácia não tirou o pé do acelerador, conseguindo ampliar ainda mais sua vantagem, e em mais um erros dos gregos.

Na segunda parte, o jogo acalmou, mas os croatas ainda chegaram ao quarto golo, obra de Kramaric, após nova assistência de Vrsaljko, na sequência de mais um erro crasso da defesa helénica, desta vez de Stafylidis.

Em Belfast, o momento do encontro aconteceu aos 58 minutos, quando o árbitro transformou um corte com o ombro de Corry Evans num corte com o braço e assinalou penálti, que Ricardo Rodriguez aproveitou para dar o triunfo à Suíça. Por outro lado, os norte-irlandeses ficaram em segundo lugar no Grupo C, com 19 pontos, onze atrás da Alemanha. Na cobrança da penalidade, o lateral esquerdo bateu no meio, sem chances para o goleiro.

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL