Trump admite ser amigo do "pequeno e gordo" Kim Jong-un

Patrice Gainsbourg
Novembro 12, 2017

Donald Trump acusou Kim Jong-Un de o ter "insultado" por lhe ter chamado "velho".

"Vai acontecer uma enorme crise de baixas e evacuados, incluindo mais de 100 mil norte-americanos não combatentes, muitos dos quais vão recorrer às forças dos EUA para retirá-los da península", escreveu Jan-Marc Jouas na sua carta para o Congresso.

Estes são os primeiros comentários por parte da Coreia do Norte desde o início da longa viagem de Trump, a qual tem o programa nuclear norte-coreano no topo da agenda.

Peña Nieto y Trudeau se reúnen en foro de la APEC
APEC es el foro de diálogo más importante en la región Asia-Pacífico. Se trató del segundo frente a frente entre los dos Presidentes.

O presidente norte-americano aterrou no Japão, no dia 5 de novembro, para uma visita que o levará a percorrer o continente asiático pela Coreia do Sul, China, Vietname e Filipinas. Mas admite que ainda pode ser seu amigo.

"Queremos estabilidade, não caos".

Trump disse a Tran Dai Quang que tinha conhecimento da disputa do Vietname com a China sobre as águas estratégicas, e sublinhou ser "um muito bom mediador e muito bom árbitro", disposto a ajudar.

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL