Atlético-MG volta a sofrer com desfalques em duelo contra o Vasco

Vincent De Villiers
Novembro 13, 2017

O resultado, porém, não foi suficiente para deixar os atleticanos mais próximos do G7, pois a equipe mineira, décima colocada, foi aos 46 pontos, enquanto o Flamengo, atual sétimo colocado, já tem 50. Pela terceira vez o camisa 7 marcou dois gols no mesmo jogo. O atacante Edigar Junio, que fez os dois gols do Tricolor, valorizou o ponto e declarou que o clube segue de olho na classificação à Copa Libertadores da América.

O Atlético-MG abriu o marcador aos 5 minutos com Robinho, sendo este o placar do primeiro tempo. Antes do feito diante do Bahia, Robinho já tinha marcado duas vezes contra Atlético-PR e Cruzeiro. O tricolor saiu perdendo, chegou à virada, mas amargou um empate em 2x2 na Fonte Nova, neste domingo (12).

Para o jogo, o Atlético tem uma série de problemas para o técnico Oswaldo Oliveira.

Trump admite ser amigo do "pequeno e gordo" Kim Jong-un
Estes são os primeiros comentários por parte da Coreia do Norte desde o início da longa viagem de Trump, a qual tem o programa nuclear norte-coreano no topo da agenda.

Invicto há quatro partidas e com 100% de aproveitamento na Fonte Nova desde que assumiu o Bahia, o técnico Paulo Cézar Carpegiani não tem muito o que mudar na equipe titular.

BAHIA: Jean; Eduardo, Tiago, Thiago Martins e Juninho Capixaba; Renê Júnior, Juninho, Zé Rafael (Vinícius) e Allione (Regis); Edigar Junio e Mendoza. Após o empate, o time casa seguiu pressionando. Marlone entrou no lugar de Yago, para deixar o time mais ofensivo, para buscar o terceiro gol. Após cobrança de falta, o atacante cabeceou para fazer o segundo gol dele. O auxiliar não correu para o meio-campo, mas, depois de uma conversa entre ele e o árbitro, o gol foi validado.

Na próxima quinta-feira, o Esquadrão de Aço encara o Santos, na Arena Fonte Nova e tem mais uma chance de diminuir a diferença para o Rubro-Negro. Com isso, o provável time do Atlético-MG que enfrenta o Bahia neste domingo é formado por Victor; Yago, Bremer, Matheus Mancini e Fábio Santos; Roger Bernado, Elias, Valdívia, Robinho e Otero; Rafael Moura. Por isso o técnico Oswaldo de Oliveira arriscou e jogou os últimos 15 minutos de jogo com apenas um volante.

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL