Terremoto atinge costa leste do Japão

Patrice Gainsbourg
Novembro 13, 2017

- Pelo menos 61 pessoas morreram neste domingo e cerca de 300 ficaram feridas na província de Kermanshah, no oeste do Irã e fronteiriça com o Iraque, por causa de um terremoto de 7,3 graus na escala Richter, segundo os Serviços de Emergência locais. Cerca de 37 mil pessoas morreram depois que um tremor de intensidade 7,7 devastou 27 cidades e quase 2.000 aldeias no noroeste do país. Entre as mortes na província, quatro ocorreram na cidade de Darbandikhan, e outras duas, na cidade de Kalar. "A situação lá está muito crítica", afirmou ele à agência de notícias Reuters. Foram muitos os danos em edifícios e residências em Darbandikhan, segundo o ministro.

O Serviço Geológico dos EUA informou que um terremoto de magnitude 5.8 atingiu a costa leste do Japão, a uma distância de 351 quilômetros ao leste de Sendai, em uma profundidade de 9,1 km, nesta segunda-feira (13), pelo horário local.

Pelo menos 100 pessoas foram mortas e mais de 1.000 ficaram feridas por conta do forte terremoto que atingiu a fronteira entre o Irã e o Iraque. De acordo com o USGS, estima-se que 70 milhões de pessoas tenham sentido o terremoto.

Paraná vence o Luverdense, espanta má fase e segue no G4
Na próxima rodada, o Paraná Clube enfrenta o Santa Cruz , terça-feira, no Arruda, em Recife. Aos 30 minutos, Renatinho fez bela jogada pelo lado esquerdo de campo e rolou para trás.

O governo da cidade iraniana de Qasr-e Shirin disse à imprensa que, ali, o sismo deixou ao menos dois mortos, além de 25 feridos.

Segundo relatos iniciais, o tremor foi sentido na capital iraquiana, Bagdá, que fica a mais de 250 km ao sul de Halabja.

- O balanco de vítimas pode ser ainda mais elevado - relatou Mojtaba Nikkerdar, governador adjunto da província.

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL