Ministro Bruno Araújo entrega carta de demissão a Temer

Patrice Gainsbourg
Novembro 14, 2017

A demissão acontece em meio a crise do PSDB em que duas alas pregam a permanência no governo e o desembarque.

BRASÍLIA - (Atualizada às 18h30) O ministro das Cidades, Bruno Araújo, encaminhou na tarde desta segunda-feira carta ao presidente Michel Temer na qual pede demissão do comando da pasta.

"Agradeço a confiança do meu partido, no qual exerci toda a minha vida política, e já não há mais nele apoio no tamanho que permita seguir nessa tarefa".

Cruzeiro x Fluminense ao vivo - Saiba onde haverá transmissão
Para deixar a situação do Tricolor ainda mais díficil, Marlon recebeu o segundo cartão amarelo após colocar a mão na bola. Mas a torcida cruzeirense, com o jogo liquidado, festejou o triunfo antes mesmo do apito final.

A cizânia tucana se intensificou durante a tramitação, na Câmara dos Deputados, da segunda denúncia do Ministério Público contra Temer.

O ministro das Cidades, Bruno Araújo, não é mais integrante do governo federal.

Com a saída dos tucanos e diante da demanda de sua base, o presidente deve anunciar uma reforma ministerial também nos próximos dias. A ministra de Direitos Humanos, Luislinda Vallois, também pode deixar o primeiro escalão.

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL