Número de milionários no Brasil vai subir 81% até 2022

Eloi Lecerf
Novembro 14, 2017

Em comparação, a média em nível global é de US$ 56,5 mil, o que representa um aumento de 4,9% e um novo recorde. Há 36 milhões de milionários que concentram 46% do património mundial. Pelo levantamento, os atuais 164 mil de brasileiros que possuem acumulados mais de US$ 1 milhão subiriam para 296 mil. Cerca de 70% da população mundial apresenta um património individual avaliado em menos de 10 mil dólares.

Portugal tem cada vez mais milionários e a tendência é para aumentar.

No México existiam 84 mil milionários em meados de 2017, número que deve aumentar até 88 mil dentro de cinco anos.

Considerando o mesmo período, a oitava edição do Global Wealth Report produzido pelo banco suíço mostra que em cinco anos o mundo terá 719 bilionários a mais, indo para próximo de três mil. Desse total, 130 serão da América do Norte e 205 da China. A conclusão é do relatório Global Wealth Report 2017, que adianta que grande parte desta riqueza continua concentrada numa pequena percentagem da população.

Veja: William Bonner é clicado trocando carinho com a namorada
De mãos dadas, eles aparecem trocando beijos e carinhos nas fotos, semelhante às fotos de Fátima Bernardes com Túlio Gadêlha. William Bonner e Fátima Bernardes assumiram o fim do casamento em agosto do ano passado, após 26 anos de união e três filhos.

Em um ano, riqueza da China cresceu 6,3% e da Europa, 6,4%.

A desigualdade de renda no país fica clara no relatório: quase metade da riqueza do país (44%) está nas mãos de apenas 1% dos brasileiros. O Credit Suisse estima que 2.780 residentes suíços têm uma fortuna de pelo menos US$ 50 milhões, e 1.070 têm mais de US$ 100 milhões.

De acordo com o relatório do Credit Suisse, 79 mil adultos se encontram dentro os 1% mais rico do mundo.

Outros relatórios LazerEsportes

Discuta este artigo

SIGA O NOSSO JORNAL